Georgileis Cardoso da Silva, de 52 anos, é procurado pela tentativa de feminicídio a marretadas e tijoladas de sua esposa. Os ataques aconteceram durante uma briga, na frente dos filhos. Na ocasião, ele ainda chegou a cavar uma cova para esconder o corpo. O caso aconteceu em Sinop, em Mato Grosso, na última sexta-feira (9).

De acordo com o boletim de ocorrência, vizinhos do casal acionaram a Polícia Militar com denúncias de que a mulher estava sendo espancada dentro de casa . O suspeito fugiu quando viu a guarnição.

Dentro da casa, os militares encontraram a vítima no chão com uma corda amarrada nos braços, muito ferida e coberta de sangue.

A casa estava com poças de sangue por vários cantos. Foi apreendida ainda a marreta usada no espancamento, que tinha manchas de sangue. Nos fundos da casa, a guarnição encontrou um buraco com 1,20 m comprimento, 80 centímetros de largura e 60 de profundidade, que o criminoso teria começado a cavar pouco antes da chegada da PM e seria usado para enterrar a mulher.

Os militares acionaram o Conselho Tutelar, que ficou responsável pelas crianças, e em seguida, saíram em patrulhamento buscando do criminoso, mas ele não foi encontrado. O caso foi registrado como tentativa de feminicídio e é investigado pela Polícia Civil.

Atualização

A mulher está internada em estado grave. Ela está sedada, sem prazo para acordadar e seu quadro é considerado crítico. A família da vítima acompanha a situação.

As informações são do RDNews.