A GR (Ginástica Ritmica) é uma das atividades esportivas praticadas no Colégio Santa Maria de Cascavel. A modalidade é praticada somente pelas meninas, após o horário de aula, e tem sido desenvolvida pela professora Marcia Galhardo há alguns anos no Colégio, contando com cada vez mais alunas interessadas em praticá-la, o que demonstra os bons resultados obtidos com o esporte.

Com a finalidade de marcar o encerramento do ano, fechando as aulas com uma bonita demonstração da prática esportiva, é realizado o “Festival de GR”, que conta com apresentações das alunas que se dedicam aos treinos e à construção de lindos movimento e figurinos coloridos com o apoio fundamental das famílias.

Na quarta-feira, dia 5 de dezembro, foi realizado o festival que encerra as atividades do ano, demonstrando como as meninas têm se esforçado e evoluído no esporte. Os colegas que assistiram às apresentações ficaram encantados com o trabalho realizado pelo grupo da professora Marcia, que conta com pequenas atletas e outras já não tão pequenas, sendo alunas do ensino fundamental.

O esporte 

A ginástica rítmica é uma das modalidades esportivas de maior beleza plástica. Além do ritmo e da flexibilidade, existe a beleza dos movimentos sincronizados e coreografados. Esse conjunto transforma essa prática esportiva em arte. Indicada para as pequenas atletas, a ginástica rítmica deve ser iniciada preferencialmente ainda na primeira infância. A partir dos quatro anos a criança já possui capacidade de raciocínio e motora para acompanhar as aulas da modalidade.

Por conta do conjunto de música, coreografia e manuseio de acessórios, o esporte incentiva a capacidade psicomotora das crianças. Raciocínio, agilidade e reflexos são trabalhados durante as aulas. Fazer exercícios físicos moderados desde criança ajuda também no desenvolvimento das capacidades cardíacas e respiratórias. O fortalecimento dos músculos e ossos é outro beneficio. Porém, um dos principais motivos para os pais incentivarem os filhos a fazer aulas do esporte é o ganho de equilíbrio e flexibilidade.

Através dos movimentos fundamentais da modalidade, é possível desenvolver os aspectos psicomotores do desenvolvimento humano. Com os saltos, pivôs, equilíbrios, as ondas e a flexibilidade, a GR á capaz de trabalhar nas crianças o esquema corporal, a estruturação espaço-temporal e a lateralidade. Pela Ginástica Rítmica também é possível trabalhar algumas valências físicas, tais como a força, a flexibilidade, o equilíbrio, a coordenação, o ritmo etc. Estas servem como suporte para o processo de desenvolvimento psicomotor das crianças. O manuseio dos aparelhos específicos da GR (bola, corda, arco, fita e maça) também contribui para o desenvolvimento psicomotor das crianças. Também existe outro ponto importante que é o desenvolvimento do ritmo proporcionado pela GR, através da construção e execução das séries que contribuem diretamente para o desenvolvimento cognitivo.