COTIDIANO

Esportes: No Peru, São Paulo aposta em novatos

07 de abril de 2022 às 10:30
Publicidade

 

São Paulo – O São Paulo dá seu pontapé inicial na caminhada em busca pelo título da Sul-Americana nesta quinta-feira quando visita o Ayacucho no Peru. Com o confronto marcado para começar às 21h30 (horário de Brasília), a equipe Tricolor chega com o objetivo de superar a eliminação no Paulistão e ir para mais uma final de campeonato.
O técnico Rogério Ceni afirmou, após a final do Paulista, que priorizará a estreia da equipe no Brasileiro, domingo, contra o Athletico, em casa, e que temia o desgaste físico de seus titulares que, por isso, nem viajam ao país vizinho. Boa parte da escalação terá os jogadores saídos da Copinha.
Além da altitude, outro fator que está preocupando a diretoria do São Paulo é o fato do toque de recolher decretado pelo presidente do Peru nesta semana. Inclusive, essa questão quase fez com que o jogo do Flamengo fosse cancelado, mas acabou acontecendo meia hora mais tarde que o previsto. No momento, a partida Tricolor está confirmada até segunda ordem.

 

 

Crédito: Divulgação

 

+++

 

Copa do Brasil terá jogo em Londrina

Londrina – Além de Athletico, Azuriz e Coritiba, que são os representantes paranaenses que seguem na Copa do Brasil, a terceira fase da competição terá outro confronto sendo disputado no Paraná. A CBF confirmou o detalhamento dos dias, horários e locais dos jogos de ida e definiu que Portuguesa-RJ e Corinthians irão se enfrentar no Estádio do Café, em Londrina. A mudança tem como fundamentos a capacidade reduzida do estádio do time carioca e a negociação de empresários para a realização da partida em outra praça. O jogo está marcado para dia 20 de abril, às 21h30.
Os paranaenses jogarão em dias alternados. O Azuriz fará a partida de ida na terça-feira (19), na Fonte Nova, contra o Bahia. O Athletico enfrenta o Tocantinópolis, na quarta-feira (20), no estádio Nilton Santos. No mesmo dia, o Coritiba recebe o Santos, no Couto Pereira.

 

+++

 

Batatinha na área da Serpenete

O atacante Lucas Batatinha é o quinto reforço do Cascavel para a Série D. O atleta foi apresentado ontem e já treina com o elenco. Com passagem destaque no Operário Ferroviário nos acessos das Séries D e C, ele aposta em uma boa campanha na Serpente Aurinegra. “O Cascavel está crescendo e vai crescer ainda mais. Eu vim para conquistar o acesso e tenho certeza que o clube vai subir de patamar. Foi por isso que aceitei o desafio”, garante.

 

+++

 

Grêmio apresenta Gabriel Teixeira
Porto Alegre – Velho conhecido do técnico Roger Machado, o meia-atacante Gabriel Teixeira foi apresentado ontem pelo Grêmio. Com 21 anos, ele é um dos novos contratados para encarar o Campeonato Brasileiro e se disse satisfeito com a utilização de jogadores da base pelo clube gaúcho.
O técnico comandou Gabriel no Fluminense no ano passado e conduziu o meia-atacante aos melhores momentos no clube. Agora, a dupla retoma a parceria no Grêmio após pedido do treinador para colocá-lo pelos lados do campo, embora também possa ser escalado como meia. Gabriel citou também a história gremista para escolher jogar no clube.

“O que pesou foi o tamanho do Grêmio, que é um timaço. O Roger me pediu aqui, fico feliz que trabalhei com ele no Fluminense e pude fazer um bom trabalho. Espero estar aqui para ajudar, agregar e colocar o Grêmio na elite de novo. Espero que a gente consiga ser campeão e possamos colocar o Grêmio no topo, que merece”, destacou Gabriel.

 

+++

 

Revezamento garante vaga no Mundial

Rio de Janeiro – O Brasil terá seus dois revezamentos 4x200m livre no Campeonato Mundial de Natação de Budapeste. A definição dos quartetos aconteceu com as provas disputadas no Troféu Brasil, realizado no Parque Aquático Maria Lenk, no Centro de Treinamento do COB.
Stephanie Balduccini, com apenas 17 anos, é a atleta brasileira mais jovem dos Jogos Olímpicos garantiu um lugar na seleção brasileira que vai à Budapeste nos 200m livre. Giovanna Diamante, Aline Rodrigues e Maria Paula Heitmann, com suas performances, garantiram o revezamento do Brasil também no Mundial.
Medalhista olímpico e grande nome da competição, Fernando Scheffer mostrou que está afiado nos 200m livre. Com 1m46s18, nadou abaixo do índice estabelecido para a prova (1m47s06). Ele já estava classificado para o Mundial de Budapeste por ter sido finalista em Tóquio. Além de Scheffer, Vinicius Assunção, Breno Correia e Murilo Sartori vão compor o time que brigará por uma medalha no Campeonato Mundial.

 

+++

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE