Damasceno Júnior é interrogado na Delegacia de Combate a Corrupção em Cascavel

Damasceno está sendo investigado pelos crimes de peculato, concussão e ameaça

O ex-vereador de Cascavel, Damasceno Junior, cassado no dia 28 de março deste ano foi chamado para depor na DCCO (Delegacia de Combate a Corrupção) na manhã dessa quarta-feira (22). O depoimento é referente a investigação dos crimes de peculato, concussão e ameaça praticados no decorrer de seu mandato como vereador.

A cassação

O vereador Damasceno Junior foi cassado por unanimidade dos votos na Câmara de Vereadores de Cascavel durante a sessão extraordinária realizada para votação do processo de cassação ocorrido em março.

Na época, o advogado de Damasceno Junior chegou a apresentar um pedido para adiar a sessão de julgamento, mas o pedido foi negado pelo presidente da casa de leis, Alécio Espínola.

Entenda o caso

Damasceno Júnior foi acusado por sua ex-assessora, Elidnéia dos Santos Silva, de supostamente ter se apropriado de parte de seu salário enquanto atuou como funcionária da Câmara em 2018. O projeto de Resolução 05/2019, que dispõe acerca da perda de mandato do vereador Damasceno Junior/PSDC, por falta de ética e decoro parlamentar, foi lido na sessão do dia 25 de março, quando foi anunciada a data para a sessão de julgamento do caso.



Fale com a Redação

dez + onze =