Rio de Janeiro – A Conmebol divulgou uma lista de punições a jogadores e técnicos de clubes e seleções que fizeram críticas a realização dos jogos durante o período de pandemia, em especial à Copa América, que esteve envolvida em grande polêmica desde o anúncio da mudança da sede.

Entre os punidos está o técnico Tite, da Seleção Brasileira.

A decisão da Comissão Disciplinar determina o pagamento de US$ 5 mil (o equivalente a R$ 24,6 mil na cotação atual). O valor da multa será debitado automaticamente da quantia que a CBF terá a receber pela participação na Copa América. Além de Tite, foram sancionados pela Conmebol, mas apenas com advertência, os treinadores Ricardo Gareca, da seleção peruana, José Peseiro, da Venezuela, e Reinaldo Rueda, da Colômbia.

Não cabe recurso contra a decisão.