Foi, praticamente, aos 45 do segundo tempo. O Campeonato Paranaense seguirá com uma emissora detentora dos direitos de imagem. E, claro, os clubes irão receber por isso.

Na atual conjuntura, sem a arrecadação das arquibancadas, os cerca de R$ 400 mil que serão repassados para cada time acabam sendo uma espécie de garantia de sobrevivência e, espera-se, de pagamento das contas.

O torcedor terá que se habituar. Os horários de transmissões mudam. Os jogos serão às terças-feiras e aos sábados. A emissora já informou que irá privilegiar os times da capital, tanto que as duas primeiras transmissões serão Cianorte x Athletico e Paraná x Londrina.

O time de transmissão ainda não foi anunciado, mas já se sabe que narradores e comentaristas deverão trabalhar em sistema de home office, ou seja, tudo pela telinha e ninguém no estádio. Pelo menos é o que se fala.

Até agora, só se mexeu em duas rodadas, e as próximas alterações devem ser anunciadas até amanhã. Já para as últimas quatro rodadas da fase, as transmissões serão definidas de acordo com a classificação os times. Quem estiver brigando por vaga na parte de cima vai para a telinha.

Apesar de tardio, é necessário elogiar o acordo entre FPF e SBT. Primeiro, pela valorização do produto e de fazer os jogos chegarem ao público que não pode ir para o estádio. Depois, pela FPF não ter desistido de encontrar um parceiro. O cofre dos times agradece.

 

Contrata

A temporada de contratações está aberta nos chamados grandes. E tem muito jogador que fez besteira, falou mal de técnico ou dirigente e que agora está tentando se encaixar. Aí é trabalho dobrado para empresários, agentes e assessores reconstruírem a imagem de bom moço. Às vezes, pode não parecer, mas o fora de campo pode definir a contratação.

 

Palmeiras

A imprensa argentina dá como certa a chegada do atacante Borré ao verdão. O jogador não deve renovar o contrato que tem com o River Plate até julho. Ele tem 45 gols em 125 jogos. Como o Palmeiras encheu os cofres com os R$ 80 milhões recebidos da Conmebol pelo título da Libertadores, pode ser que a transação seja facilitada.

 

Mudança

A retomada da pandemia com a nova versão do coronavírus pode fazer com que tenhamos paralisações ou mudanças em vários eventos esportivos. A Conmebol está lutando para confirmar a Copa América deste ano, mas ontem sofreu um golpe com a desistência das seleções convidadas – Austrália e Catar -, que possuem restrições de viagem por conta da pandemia. A competição deverá ser realizada na Argentina e na Colômbia.

 

Briga

Enquanto está todo o mundo olhando para Flamengo e Internacional na disputa do título do Brasileirão, tem torcedor que está angustiado com a possibilidade de rebaixamento do seu time. As maiores chances de choro estão com os vascaínos, que precisam vencer o Goiás e torcer para que o Fortaleza seja derrotado pelo Fluminense por uma boa margem de gols. Goiás, Coritiba e Botafogo já estão na Série B.