Como é bom ver que muitos times estão virando o jogo da administração esportiva.

Se não se tem grandes arrecadações com público e grandes empresas patrocinadoras, se ainda não se tem uma verba de TV garantida, o jeito é administrar. A paixão precisa dar lugar à racionalidade. Ou melhor: a racionalidade precisa estar um pouco acima da emoção quando o assunto é futebol.

Assim como o FCC já adota há algum tempo, com um grupo de investidores, outros times estão fazendo o mesmo. O exemplo mais recente é o Azuriz.

O time nascido em Marmeleiro foi buscar abrigo em Pato Branco para ter mais visibilidade e já pensar na elite. Criado como empresa, avançou dentro de campo com seu projeto, alinhou parcerias e, assim como outros times já conseguiram, em apenas dois anos saíram da terceirona para chegar à principal divisão do futebol paranaense.

Ontem, fiquei sabendo que o time já deverá estar no mercado de ações no ano que vem. Se isso se confirmar, será o primeiro do País a adotar esse modelo de negócio.

É um bom caminho para se buscar investidores mais sólidos e garantir um crescimento mais concreto.

Curiosamente, os times do interior estão se estruturando, enquanto vemos alguns dos grandes da capital sucumbindo no campo e administrativamente. Muito por culpa dos próprios dirigentes não se unirem e deixarem as disputas políticas internas sobreporem o interesse maior do clube.

Prevejo o interior dominando o estadual, em breve.

 

Repasse

Dezenas de entidades assistenciais irão dividir um bolo de R$ 118 mil fruto do desrespeito ao protocolo de covid-19 pelos times que disputam o Campeonato Brasileiro. O Bahia é a equipe que mais cometeu irregularidades e, portanto, a que mais pagou: foram quatro multas de R$ 2,5 mil, totalizando R$ 10 mil. O Athletico vem logo em seguida, com R$ 9 mil; seguido por Internacional (R$ 8 mil); e o quarteto Flamengo, Grêmio, Vasco e Bragantino, que precisou desembolsar R$ 7,5 mil cada um.

 

Polêmica

A CBF desmembrou quatro rodadas do Brasileirão para organizar os jogos a serem disputados em dezembro e janeiro, em dias que precedem e sucedem as festividades de Natal e Ano-Novo. Com as mudanças, o Palmeiras viu o clássico contra o Corinthians ser agendado para o dia 6 de janeiro, data na qual será disputada a rodada de semifinal da Libertadores – competição na qual o Verdão segue vivo. Claro que os dirigentes do Palmeiras reclamaram.

 

Série B

A rodada da Série B prossegue neste fim de semana. Preocupação para os times paranaenses que precisam vencer para manter chances de subir. O Paraná Clube terá o auxiliar Vitor Hugo Annes no comando do time após a demissão de Rogério Micale. O time precisa quebrar a sequência de seis jogos sem vencer.

 

Crédito: Assessoria

FCC – Experiência

Aos 37 anos, o zagueiro Diego Giaretta foi anunciado ontem como nova contratação do FCC. O jogador é nascido na região e começou no futebol no Cascavel Esporte Clube, no fim dos anos 90. Com mais de 20 anos de carreira, Diego tem passagens por diversos clubes e destaque nos títulos do Botafogo-RJ em 2015. Por último, estava no Mirassol.