Cão labrador da PRF, Popó morre aos 14 anos de idade

Aposentado desde 2017, Popó participou da maior apreensão de drogas da história da PRF no país

O cão labrador Popó nasceu no canil da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em fevereiro de 2006.

Copacol

Participou de diversas operações, inclusive da maior apreensão de drogas da história da PRF no Brasil, em Alto Paraíso (PR). Na ocasião, em novembro de 2015, cerca de 24,5 toneladas de maconha foram apreendidas.

Aposentou-se aos dez anos. Desde 2017, vivia em uma chácara na Grande Curitiba, onde era muito bem cuidado.

Nesta terça-feira (24), morreu de velhice, aos 14. Popó, presente! Descanse em paz, amigo.

Cartão de Todos

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação