Está marcado para esta quinta-feira (17) o julgamento do acusado de matar Andressa Brito de Souza de Lima, crime ocorrido na Vila Cajati, na zona rural de Cascavel, no dia 14 de fevereiro de 2020. O júri será realizado em Cascavel.

Andressa, de 26 anos, foi encontrada seminua, sem vida, dentro da casa em que morava na Vila Cajati. O bebê dela, de dez meses, tinha um ferimento na cabeça e foi vítima de tentativa de sufocamento, mas foi salvo pela polícia.

A suspeita é de que a vítima tenha sido abusada sexualmente antes de ser morta.

O suspeito foi encontrado cinco dias após o crime. Ele morava na Vila São João, comunidade próxima do local do crime, e onde a vítima havia morado um tempo antes. Contudo, a polícia não informou se havia algum tipo de envolvimento entre a vítima e o criminoso.

Leia também: