Acusado de feminicídio em Lindoeste se apresenta à Polícia e confessa crime

O homem acusado do feminicídio de Sandra Nobre dos Santos, 34 anos, se apresentou ontem à Polícia Civil de Cascavel. Acompanhado de advogados ele confessou o crime.

O homem acusado do feminicídio de Sandra Nobre dos Santos, 34 anos, se apresentou ontem à Polícia Civil de Cascavel. Acompanhado de advogados ele confessou o crime e os detalhes repassados por ele foram os mesmos que já haviam sido informados à polícia pelos filhos do casal que testemunharam o crime.

O homem de 34 anos, disse que a motivação do crime foi ciúmes. Ele afirmou acreditar que a esposa estaria saindo com outra pessoa e com mensagens que encontrou no celular dela uma discussão começou e só terminou com os tiros disparados contra ela.

Ele vai responder pelo crime de feminicídio e terá a pena agravada, porque o crime foi cometido na presença dos filhos do casal. Além de posse ilegal de arma de fogo, já que além da arma do crime ele tinha outra arma na residência, que foi apreendida na data do crime.

O crime

Sandra foi morta na casa onde o casal morava na madrugada do dia 04 de agosto. Após o autor pedir para ver o celular da esposa, uma discussão começou e ele disparou contra a esposa dois tiros, um no peito e outro na cabeça. O crime foi cometido em frente aos 4 filhos do casal. O menor deles, de um ano de idade, estava no colo da mãe quando ela foi morta, mas não se feriu.

Reportagem: Cláudia Neis

 



Fale com a Redação

12 + oito =