Rio de Janeiro – O volume de vendas do comércio varejista brasileiro subiu 1,8% em abril, na comparação com março. O resultado foi divulgado nessa terça-feira (8) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em relação a abril de 2020, houve alta de 23,8%. No quarto mês do ano passado, o setor havia desabado com os impactos iniciais da pandemia, que provocou fechamento de lojas.

Os números ficaram acima de previsões do mercado. Analistas consultados pela agência Bloomberg projetavam queda de 1% no volume de vendas ante março, além de crescimento de 18,2% frente a igual período anterior.

Com o desempenho em abril, o comércio varejista acumulou avanço de 3,6% em 12 meses. No acumulado deste ano, o setor registra alta de 4,5%.

Após o impacto inicial da crise sanitária, as vendas esboçaram retomada ao longo do segundo semestre de 2020. Contudo, o avanço da covid-19 na largada de 2021 e a redução de estímulos à economia geraram perda de fôlego nos negócios.

Diante desse quadro, o avanço da vacinação contra o coronavírus é considerado fundamental para incentivar setores como o comércio, indicam especialistas. A imunização é vista como mecanismo para reduzir restrições a atividades de empresas e elevar a confiança de consumidores.