SAÚDE

Reclassificação de risco agiliza atendimento no Hospital Municipal de Foz do Iguaçu

24 de maio de 2022 às 10:25
Publicidade

 

Os pacientes que são encaminhados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ao Hospital Municipal Padre Germano Lauck serão recebidos na Sala de Reclassificação de Risco, implantada com a finalidade de melhorar o fluxo na instituição e aumentar o índice de resolutividade dos casos.

Também está sendo implementada uma Sala de Decisão Clínica. As mudanças se devem ao crescimento da demanda no Pronto-Socorro do Hospital Municipal, aliado à necessidade de aprimorar a classificação dos pacientes para dar maior agilidade aos atendimentos das urgências e emergências.

Na Sala de Reclassificação de Risco, os profissionais identificam o tipo de atendimento necessário. Dali, o paciente poderá receber alta ou então ser encaminhado para a sala de Decisão Clínica, dentro do Pronto-Socorro.

Na Sala de Decisão Clínica, as equipes irão examinar os pacientes e, conforme a necessidade, solicitar exames de imagem ou laboratório, ou então pareceres de especialistas. Após a avaliação, o paciente recebe o encaminhamento final, que pode ser a alta ou internação hospitalar.

“Estamos organizando os fluxos internos da instituição, começando pela porta de entrada, que é o Pronto-Socorro. Essa mudança trará uma maior rotatividade e agilidade no atendimento. Isso, lógico, mantendo o cuidado singular a cada paciente, e resultando num diagnóstico mais rápido e preciso”, afirma o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, o médico Amon Mendes Franco de Sousa.

Assessoria

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE