Receita Federal retém dois ônibus em Santa Terezinha de Itaipu e passageiro é preso pelo transporte de medicamentos

O valor estimado das mercadorias é de R$ 645 mil

Equipe da Receita Federal de Foz do Iguaçu reteve, ontem(24), dois ônibus carregados de mercadorias de origem estrangeira em Santa Terezinha de Itaipu.A ação ocorreu por volta de 19h em operação de rotina no posto da Polícia Rodoviária Federal.

Entre outros produtos, destacaram-se os eletrônicos de alto valor agregado em grande quantidade.
Um passageiro, que alegou ser de São Paulo e ter 26 anos, foi flagrado com dois mil comprimidos de Pramil trazidos do Paraguai e conduzido à Polícia Federal para os procedimentos legais cabíveis. O valor estimado das mercadorias é de R$ 645 mil.

As mercadorias e os ônibus foram lacrados e encaminhados para Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu para o agendamento da deslacração. Os demais passageiros e condutores foram liberados, porém, serão enviadas Representações Fiscais para Fins Penais ao Ministério Público para apuração dos ilícitos.

A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio do número (45) 9 9152-2036.

Operaçaõ Hórus
As ações fazem parte da Operação Hórus – programa VIGIA – que conta com apoio da SEOPI-MJSP, da qual fazem parte Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar (BPFRON/ COBRA ) BOPE/ MS ,Polícia Civil/PR (COPE e TIGRE), Força Nacional/SP e Exército do Brasil.
A iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.



Fale com a Redação

1 + 9 =