PRF suspende o atendimento presencial em unidades no Paraná

A suspensão do atendimento presencial não atinge as ações de apoio e orientação a usuários de rodovias e as liberações de veículos recolhidos aos pátios da PRF. 

Em razão do combate à pandemia do novo coronavírus, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) decidiu suspender o atendimento presencial em todas as unidades no Paraná a partir desta segunda-feira (23).

A suspensão do atendimento presencial não atinge as ações de apoio e orientação a usuários de rodovias e as liberações de veículos recolhidos aos pátios da PRF.

À distância, usuários podem apresentar recursos, indicar condutor que cometeu infrações, imprimir boletos e registrar acidentes sem vítimas, entre outros serviços.

A PRF está agindo com sua atenção máxima às medidas e protocolos de prevenção e combate à disseminação do Novo Coronavírus durante todo o período de emergência de saúde pública de impacto mundial, pautando, sempre, suas ações internas e externas nos protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde.

PRF integra o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE-nCoV) do Governo Federal, para o Novo Coronavírus

Como integrante do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para o Novo Coronavírus (COE-nCoV), do Governo Federal, a PRF tem atuado de pronto emprego diante da emergência.

É com base nos protocolos definidos no COE-nCoV, e chancelados pelos órgãos oficiais de saúde, em especial o Ministério da Saúde, que a PRF produz suas normativas internas e peças de comunicação.

Presente de norte a sul do país, a instituição busca, no atual contexto, proteger vidas, conscientizando seus servidores e toda a sociedade quanto ao combate ao COVID-19.

 



Fale com a Redação

seis + sete =