PRF apreende cerca de R$ 3 milhões em cigarros contrabandeados

600 mil carteiras eram transportadas em um bitrem abordado na BR-163, em Guaíra (PR); motorista foi preso após tentativa de fuga

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu cerca de 600 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai em Guaíra, na manhã desta quinta-feira (16). Após perseguição, motorista foi preso em flagrante por contrabando. o caminhão utilizado era “clonado”.

Por volta das 9h, agentes da PRF deram ordem de parada a um motorista de um bitrem na BR-163, em Guaíra. O motorista desobedeceu a ordem e fugiu, sendo que durante todo o trajeto da fuga em horário de alto fluxo de veículos, o condutor manobrou perigosamente, jogando o caminhão sobre a viatura da PRF, tentando fechá-la ou jogá-la contra outros veículos. E ainda, transitou pela contramão de direção, obrigando os outros veículos que vinham em sentido contrário a manobrar para o acostamento.

Próximo à UPA de Guaíra, dentro do município, o motorista abandonou o caminhão e fugiu à pé, sendo detido no interior de um comércio, resistindo violentamente à detenção.

No bitrem, os policiais encontraram cerca de 600 mil carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai, avaliados em cerca de R$ 3 milhões. O motorista, de 47 anos, morador de Tatuí (SP), disse aos agentes que retirou o caminhão em Mundo Novo (MS) e entregaria em Santos (SP). O caminhão, bem como os dois semirreboques, transitava com as placas “clonadas”.

Diante dos fatos, o motorista, o caminhão e os cigarros foram encaminhados para a Polícia Federal em Guaíra, para o registro dos crimes de desobediência, resistência à prisão, adulteração de identificação de veículo e contrabando e da contravenção penal de direção perigosa.



Fale com a Redação

dezessete + treze =