PCPR prende suspeito de aplicar golpes no Oeste do Estado

Ele é acusado de lesar pelo menos 25 pessoas

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu, na quarta-feira (10), um mandado de prisão preventiva contra um homem de 32 anos, suspeito de aplicar golpes em Foz do Iguaçu. Conforme investigação, o homem lesou cerca de 25 pessoas e gerou um prejuízo superior a R$ 200 mil. A prisão aconteceu no município de Santa Terezinha do Itaipu.

De acordo com o apurado pela PCPR, o suspeito é proprietário de uma oficina mecânica em Foz do Iguaçu e vendia veículos proveniente de leilões – os quais não existem – pedindo para a vítima fazer um pagamento em dinheiro ou cartão para que ele pudesse segurar o automóvel. Como garantia ele entregava uma ordem de serviço, como se fosse um recibo.

Com a demora para a chegada do suposto bem adquirido, a vítima passava a reclamar e o homem utilizava cheques roubados para fraudar a devolução dos valores depositados com antecedência. Em alguns casos, ele inclusive teria coagido a vítima a lhe dar mais dinheiro, alegando não possuir valores para pagar pequenas taxas necessárias para devolver o dinheiro.

Na residência do homem, os policiais civis encontraram uma máquina de cartão de crédito, que era utilizada pelo suspeito na empresa, bem como para receber dinheiro proveniente do golpe, e um aparelho celular, supostamente comprado com o cartão de crédito de uma das vítimas, que foi lesada em aproximadamente R$ 30 mil.

A PCPR espera que a partir da prisão do suspeito outras vítimas compareçam na delegacia para registrar boletim de ocorrência. As investigações continuam. O homem está preso à disposição da Justiça.



Fale com a Redação

1 + quatro =