“Estamos vivendo o pior momento desde o início da pandemia”, sintetizou o prefeito de Bom Jesus do Sul, Cezar Bueno. Ele é o coordenador da Comissão de Saúde da Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná) e realizou na manhã de hoje uma reunião emergencial com representantes de órgãos de saúde para debater o enfrentamento à nova onda da covid-19 na região.

Nas últimas semanas, o número de casos voltou a subir e, como consequência a ocupação de leitos hospitalares também aumentou. Se somam aos desafios para enfrentar a doença o esgotamento das equipes de saúde, o descumprimento de medidas de prevenção e a intensificação de aglomerações e eventos, em desacordo com as regras contidas nos decretos municipais. Os chefes da 7ª e 8ª Regional de Saúde, do Hospital Regional, dos conselhos de secretários de saúde e de outras instituições participaram do encontro.

Diante do aumento expressivo no número de casos, o grupo vai pedir a revisão da flexibilização de algumas atividades e emitir uma série de recomendações técnicas aos municípios e entidades. “Não queremos que o comércio e a indústria sejam paralisados, mas entendemos que atividades não essenciais, como casas de shows, eventos, jogos de futebol, sejam revistos e suspensos temporariamente”, adiantou Cezar.

Na quarta, uma coletiva de imprensa com os órgãos de saúde vai detalhar o panorama da Covid na região e apresentar recomendações para conter a nova onda da doença.

Fonte: Assessoria/Amsop