O ex-assessor de um vereador de Cascavel foi preso na noite dessa segunda-feira (17), após ser flagrado por agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) na residência de uma vítima recebendo dinheiro.

O Gaeco agora investiga a participação de dois vereadores e um assessor da Câmara Municipal de Cascavel, suspeitos de receber dinheiro para antecipar cirurgias do SUS (Sistema Único de Saúde).

Uma entrevista coletiva para esclarecer o caso será concedida às 11h30 na sede do Gaeco em Cascavel.

Mais informações em breve.

Com informações Catve.com