Dois suspeitos de crimes virtuais são detidos pela PF

Um homem de 41 anos, que atuava como ?laranja?, foi preso

Ponta Grossa – Uma ação da Polícia Federal em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais do Paraná, resultou na prisão de duas pessoas suspeitas de praticarem crimes virtuais. Conforme as investigações, pela internet os criminosos conseguiam acessar as contas bancárias das vítimas e fazer transferências para suas contas.

Unimed

Um homem de 41 anos, que atuava como “laranja”, foi preso. Segundo a PF, a suspeita é de que ele emprestava a sua conta bancária para o depósito do dinheiro furtado da conta das vítimas. O outro preso é um jovem de 25 anos, suspeito de ser o responsável por aliciar os “laranjas”.

A dupla foi levada para a cadeia pública de Ponta Grossa. A princípio, segundo a PF, eles devem respondem por furto qualificado mediante fraude e por formação de quadrilha. No entanto, esses crimes podem evoluir para lavagem de dinheiro e organização criminosa, que são mais graves.

No dia 9 de dezembro, a Polícia Federal já havia prendido outras três pessoas suspeitas de atuar como hackers em Ponta Grossa. Dois deles foram detidos em uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, no Bairro Oficinas, enquanto tentavam movimentar uma quantidade de dinheiro.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação