Criança que morreu no HUOP não tinha covid-19

O primeiro teste rápido realizado na instituição testou positivo para anticorpos contra o vírus, já o laudo do Lacen confirma que no momento da coleta não foi detectado o vírus.

O HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná) comunicou no fim da tarde deste sábado (18) que a paciente de 11 anos, que morreu na quinta-feira (16), teve o resultado de exame molecular do Lacen (Laboratório Central do Estado do Paraná) descartado para covid-19 (SARS-CoV-2).

Quando usar máscara de pano

O exame foi coletado na quinta-feira e entregue hoje para o hospital. O primeiro teste rápido realizado na instituição testou positivo para anticorpos contra o vírus, já o laudo do Lacen confirma que no momento da coleta não foi detectado o vírus. O resultado final será avaliado com histórico clínico e epidemiológico da paciente.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

cinco × um =