Covid-19: Confira as novas regras que vigoram a partir de segunda-feira em Maripá

As mudanças foram sugeridas em reunião pelo Comitê Gestor do Plano de Contingenciamento em Saúde da covid-19 de Maripá.

Alterações no atual decreto que estabelece medidas de prevenção ao novo coronavírus foram publicadas pela Administração Municipal no Diário Oficial do Município na quinta-feira (30).

Quando usar máscara de pano

As mudanças foram sugeridas em reunião pelo Comitê Gestor do Plano de Contingenciamento em Saúde da covid-19 de Maripá. As alterações passarão a valer a partir de segunda-feira (4):

– A Feira do Produtor fica autorizada a voltar com as atividades, resguardadas as medidas de segurança já adotadas pelos comércios;

– Bares, lanchonetes – inclusive os anexos a clubes e associações – e food trucks, limitado o atendimento ao público para consumo no local até as 21h e não mais 18h30, com todas as medidas já designadas no decreto anterior.

– Os servidores públicos municipais que tiverem que se deslocar para áreas de risco com maior propagação comunitária do novo coronavírus em viagem a serviço ou no interesse da Administração Pública deverão seguir as orientações da Secretaria de Saúde quando retornarem ao município.

NÚMERO DE CASOS – No relatório apresentado pela secretária de Saúde, Andréia Bento Maria Scudeller, o município notificou o total de 29 casos por apresentarem sintomas gripais. Destes, 26 já foram liberados do isolamento domiciliar e os demais continuam em casa sendo monitorados através de ligações telefônicos e mensagens a cada 48h ou menos quando necessário. Eles apresentam sintomas de leves a moderados. Três deles passaram por exame para o coronavírus e foram descartados.

Segundo a secretária Andréia, o número de casos no relatório da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná (SESA/PR) tende a aumentar nos próximas dias. “Até o início dessa semana o relatório contava apenas os casos que foram diagnosticados por meio do exame laboratorial ou testes rápidos, que só era feito em pacientes com sintomas graves. Maripá tinha apenas três casos, que foram descartados após o exame. Agora, os casos também poderão ser diagnosticados pelo critério clinico/epidemiológico, ou seja, a pessoa deve ter tido contato próximo ou domiciliar com caso confirmado laboratorialmente para covid-19 nos últimos sete dias, antes do aparecimento dos sintomas, o que vai ocasionar um aumento expressivo nos números”, explica.

PAUTA DA REUNIÃO – Entre outros assuntos, o comitê também deliberou sobre a utilização de recursos recebidos pelo Governo Federal para compra de seis camas para o Pronto Atendimento 24 horas a serem utilizadas por pacientes contaminados pelo coronavírus. O município recebeu o total de R$ 78 mil e vai adquirir os equipamentos, estimados em R$ 13 mil, para a criação dos novos leitos.

O comitê também colocou em pauta novamente sobre o retorno das atividades religiosas. Na segunda-feira (27), uma reunião foi realizada com representantes de 16 igrejas do município para conhecer a realidade de cada uma e analisar medidas que poderiam ser tomadas para o retorno das atividades. Entretanto, sugeriu-se que cada instituição faça um plano de contingência com as medidas de prevenção que serão adotadas, para posterior aprovação da Defesa Civil e Vigilância Sanitária.

FISCALIZAÇÃO – O Setor de Fiscalização da Secretaria de Finanças juntamente com a equipe da Vigilância Sanitária está fazendo a fiscalização dos estabelecimentos comerciais e demais órgãos, incluindo plantões no período noturno, para garantir o cumprimento das medidas e a segurança da população. Até o momento não houveram infrações graves e os comerciantes/empresários estão sendo orientados em todas as dúvidas.

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

três × 2 =