H) Billboard Internas (320X50)
H) Billboard Internas (970x250)

ECONOMIA

Com R$ 20,4 bilhões faturados, oeste segue na liderança estadual

29 de junho de 2019 às 05:43
Publicidade

Toledo – Há mais de uma década, Toledo se mantém na liderança estadual do VBP (Valor Bruto da Produção Agropecuária), que em 2018 chegou naquele município aos R$ 2,2 bilhões. O indicador, divulgado nesta semana, é a soma de tudo o que foi produzido no campo correspondendo ao faturamento bruto com a comercialização da safra do ciclo 2017/2018.

Na região, após registro de queda no VBP de 2017 na comparação com 2016, o indicador voltou a subir e pela primeira vez se aproximou dos R$ 20,4 bilhões, aumento de 11% se comparado com os dados divulgados no ano passado, quando o volume se aproximou dos R$ 18,4 bilhões.

Cascavel que ocupava a segunda colocação no ranking paranaense perdeu uma posição e agora é o terceiro na lista estadual. A segunda colocação passa a ser ocupada por Castro com R$ 1,57 bilhão.

Apesar disso, a região segue concentrando o maior VBP do Estado com 23% de participação. Em todo o Paraná, a soma da produção no campo em 2018 foi de R$ 89,6 bilhões. Segundo a Seab (Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento), responsável pela tabulação dos dados e divulgação do levantamento, este valor representa um avanço de 5% se comparado ao VBP de 2017, divulgado no ano passado, quando este número foi de R$ 85,3 bilhões. Estes valores são nominais e sem o desconto da inflação, e a Seab reforça ainda que eles são preliminares. Os Municípios que tiverem contestações a fazer quanto aos seus indicadores, terão o prazo até julho para apresentar suas demandas. Os números definitivos serão divulgados em agosto, mas na característica regional, os números dificilmente sofrem grandes contestações dos gestores públicos.

Segundo o Deral (Departamento de Economia Rural) da Seab, responsável pelo levantamento de todos os dados, a maior participação no VBP diz respeito à produção da soja, de frango, do milho e do leite. Já na região oeste, os principais indicadores estão associados às cadeias de aves, suínos e só então dos grãos e do leite.

A segunda região com maior participação no VBP é o norte, com 14%, seguida por sudoeste, com 11%, noroeste, com 10% e centro oriental, centro sul e o norte pioneiro, com 8% cada.

Reportagem: Juliet Manfrin

 

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

I) Internas lateral Desktop (300x600) - Revisado

PUBLICIDADE

K) Rodapé Internas (728x90) Desktop