A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes com covid-19 chegou a 98,5% na manhã desta quarta-feira (2). Segundo o boletim do Consamu (Consórcio Intermunicipal Samu Oeste), apenas cinco leitos estão disponíveis para 150 pessoas que aguardam por um leito de UTI. Quanto aos leitos de enfermaria, 79 leitos estão disponíveis para 71 pacientes na fila de espera.

Além dos leitos convencionais, o mapa mostra que foram abertos mais 11 leitos de enfermaria e 26 leitos de UTI para atender pacientes com covid-19.

Os leitos de enfermaria e UTI infantis também estão lotados e três crianças aguardam por um leito.

Apenas três hospitais tem leitos disponíveis na Macro-Oeste. O HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná) ainda tem três leitos disponíveis, o Hospital de Retaguarda em Cascavel tem um leito de UTI disponível e o HOESP (Hospital Bom Jesus de Toledo) ainda tem um leito disponível. Os demais hospitais estão lotados.

O HMPGL (Hospital Municipal Padre Germano Lauck) teve redução de 15 leitos de enfermaria covid-19 devido a remanejamento para a UPA Walter C. Barbosa de Foz do Iguaçu e 15 leitos de enfermaria que estão com pacientes de UTI covid-19 (SIC ofício 908 – DG HMPGL).

Apesar da disponibilidade de leitos em enfermaria, muitos casos são de pacientes com alto fluxo de oxigênio, onde podem evoluir para UTI e nesses serviços não há esse perfil de leito.

Clique aqui e confira o boletim completo.