PAV Receita Federal

A OAB Cascavel é primeira subseção do interior do Paraná a ter um PAV (Ponto de Atendimento Virtual) da Receita Federal. Aberto ao público desde a última segunda-feira (04), o PAV foi instalado para que os advogados e advogadas possam receber orientações e usufruir de serviços sem necessidade de se deslocarem até o prédio da Receita. “Essa iniciativa é fruto de um convênio que pretende facilitar a vida do advogado, porque assim ele não depende de agendamento para ser atendido. E ainda favorece aqueles que têm alguma dificuldade de acesso e podem agora contar com esse atendimento descentralizado”, destaca Paulo Pegoraro, vice-presidente da OAB Cascavel. O PAV funciona dentro do escritório compartilhado da subseção, na Avenida Assunção, 668. O horário de atendimento é das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h e o telefone para tirar possíveis dúvidas é o (45) 3224-4896. Acesse as notícias no site www.oabcascavel.org.br para conferir a lista completa de serviços oferecidos no local.

 

Outubro Rosa

Em alusão à campanha Outubro Rosa, movida para conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, a Comissão da Mulher Advogada está arrecadando lenços e turbantes para auxiliar na autoestima de mulheres que passam pelo tratamento oncológico. O ponto de coleta é a sede da subseção: Avenida Assunção, 668, bairro Alto Alegre.

Técnicas de negociação

Promovida pela Comissão da Advocacia Iniciante, uma palestra ministrada pelo advogado Higor Fagundes abordou técnicas de negociação e ferramentas para precificação de honorários. A intenção foi dialogar com a classe sobre a necessidade dos profissionais da advocacia desenvolverem habilidades além do conhecimento jurídico em si, dominando também outras áreas necessárias para administrar um escritório de advocacia moderno. “Só a técnica jurídica não resolve, ela é uma obrigação, representa só 13% do sucesso profissional. Os outros 87% estão voltados para várias competências. E para isso, o advogado tem que se autoconhecer, saber seu temperamento, para então firmar uma conexão com o cliente”, explicou o palestrante.

Saúde mental

O evento “Saúde mental, um direito de todos(as)!”, organizado pela Comissão de Diversidade Sexual e Gênero em parceria com a ONG Acolher, proporcionou ao público reflexões importantes sobre a prevenção do suicídio. O psicólogo Júlio Parzianello falou sobre “Suicídio e esperança”. “Um especialista na área criou a sigla ROC. ‘R’ de ‘riscos’, significa estar atento aos riscos, notar as mudanças de humor, de comportamento, notar quando há algo de diferente na pessoa. ‘O’ de ‘ouvir’, significa ouvir a dor do outro, emprestar os ouvidos para acolher alguém, se interessar, tirar um tempo, mandar uma mensagem… E ‘C’ de ‘conduzir’, levar essa pessoa para ajuda especializada, psicólogo ou psiquiatra, não só indicar uma consulta, mas se precisar agendar a sessão e ir com ela, fazer isso!”, explicou Júlio. E a advogada especialista em Direito Previdenciário, Eliane Deola, falou sobre “Transtornos psicológicos e os benefícios previdenciários”. O encerramento foi conduzido com uma apresentação da modelo e performer Desirée.