ADI Paraná

A Associação de Jornais Diários do Interior do Paraná (ADI-PR) elegeu nesta segunda-feira, 22, a nova diretoria para o biênio 2022/2023. “A ADI é um grupo disposto a levar informação, de forma séria e precisa, a todos os cantos do Paraná, e esse continuará sendo o objetivo desta associação”, disse o presidente reeleito, Jucelino Costa. A associação tem 22 jornais parceiros, em todo o Paraná, além dos veículos de comunicação que ocupam as plataformas digitais, também faz parte da Associação dos Diários do Interior do Brasil – ADI Brasil – que reúne 148 jornais diários por todo país.

 

Diretoria ADI

Mesa diretora: Presidente; Jucelino Costa, Vice Presidente; Wilson Oliveira, Tesoureiro; Nery José Thomé, Secretário Geral; Eduardo Carpinski. Conselho Fiscal: Antonio Saad Gebran, André Gustavo Guarienti de Almeida Ferreira, Joiceli dos Santos Fabricio. Membros suplentes: Alceu Oliveira (Wenceslau Braz), Arno Kunzler (Marechal Cândido Rondon), Mauricio Orlando Mosson (Curitiba e São José dos Pinhais). Diretor Comercial: Ricardo Takiguti

 

Audiência do pedágio

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) reforçou a importância da participação do setor produtivo e da sociedade civil organizada na audiência pública da Frente Parlamentar sobre os Pedágios, quando será apresentado um estudo técnico sobre o fim dos contratos. “A qualidade do debate depende fundamentalmente da participação dos paranaenses. É muito importante que toda a sociedade organizada e o setor produtivo possam participar ativamente da discussão”, disse Romanelli. A audiência será a partir das 9h30 e poderá ser acompanhada pelos canais digitais do legislativo e pela TV Assembleia.

 

Congresso Paranaense

O Congresso Empresarial Paranaense, realizado em Foz do Iguaçu, recebeu o Chefe da Casa Civil do Paraná, Guto Silva. Na ocasião, Silva e o presidente da Faciap, Fernando Moraes, assinaram um memorando de entendimento do programa de capacitação em inovação aberta no Paraná. O documento tem como finalidade propagar atividades práticas de inovação e empreendedorismo. “Temos que focar na inovação para gerar empregos, mas não só na retórica”, disse, ao destacar a indústria paranaense, o agronegócio e os empresários do Estado. Segundo ele, uma grande vantagem no Paraná é a economia muito focada em áreas industriais.

 

Ministra em Foz

A ministra da Agricultura Tereza Cristina e o Secretário Nacional de Aquicultura e Pesca Jorge Seif, estão oficialmente confirmados para participar do maior evento da cadeia de pescados do Brasil – o 3º International Fish Congress & Fish Expo que será realizado nos dias 24, 25 e 26 de novembro no Maestra Convention – Recanto Cataratas Thermas e Resort, em Foz do Iguaçu (PR). A Ministra Tereza Cristina deverá fazer anúncios de ações e incentivos ao setor aquícola e pesqueiro brasileiro, especialmente na área de crédito.

 

Candidata

Após a filiação de Sergio Moro, o Podemos trabalha para lançar a mulher do ex-juiz, a advogada Rosângela Wolff Moro, como candidata a deputada federal por São Paulo. Rosângela deve entrar no partido quando voltar dos EUA, até o fim do ano. Maior colégio eleitoral do país, SP elege 70 parlamentares para a Câmara dos Deputados. Um candidato muito bem votado, como os correligionários de Moro esperam que seria o caso de Rosângela, pode acabar elegendo alguns outros do mesmo partido. A análise é a mesma que o partido faz com a candidatura do ex-procurador Deltan Dallagnol no Paraná.

 

Luna no Senado

A Comissão de Assuntos Econômicos fará na terça-feira (23), a partir das 9h, uma audiência pública com o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, para discutir os sucessivos aumentos nos combustíveis que têm marcado a política de preços da empresa neste ano Os ministros Paulo Guedes (Economia) e Bento Albuquerque (Minas e Energia) devem participar da audiência.