Coluna ADI do dia 26 de abril de 2019

Bagagem de mão

As empresas aéreas começaram neste mês a fiscalizar o tamanho das bagagens de mão de passageiros em voos nacionais. Em quatro aeroportos do país, o que inclui o Afonso Pena (Curitiba), as bagagens que estiverem acima do tamanho padrão terão que ser despachadas.

Capital da Ponkan

O deputado Toninho Wandscheer (Pros) apresentou projeto de lei que confere a Cerro Azul o título de “Capital Nacional da Ponkan”. A cidade produz a metade das tangerinas no Paraná. A produção nacional de tangerinas alcançou 997.933 toneladas – 169.648 toneladas produzidas no Paraná.

Desenvolvimento Rural

A Secretaria da Agricultura estuda unir empresas – Emater, Iapar, Codapar, Centro de Agroecologia – no Instituto Paranaense de Desenvolvimento Rural. A proposta já foi apresentada para sindicatos e entidades do setor e para os próximos dias estão previstas reuniões com Fetaep, Faep e Ocepar.

Centro de Produção

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi (PDT), destaca a criação na UTFPR local do Centro de Produção Agrícola Avançado 4.0. “O sudoeste é uma região maravilhosa e tem uma condição fundiária excepcional para isso. Espero que a gente possa garantir uma estrutura como esta e agregar valor não só na agricultura, mas disseminar conhecimento e garantir um futuro com as novas tecnologias”.

Corte nos convênios

Há pouco menos de dois meses, o presidente da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, reduziu drasticamente os gastos em convênios. A rescisão soma mais de R$ 42 milhões. Toda a economia será aproveitada em obras estruturantes e em outras parcerias com impactos sociais mensuráveis. Nenhuma das medidas afeta a região oeste do Paraná.

Expoingá

Já está definido. O governo do Estado e a Assembleia Legislativa vão se instalar em Maringá durante a 47ª Expoingá (Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá), de 9 a 19 de maio. Os números da Expoingá são fortes. Em 2018, foram R$ 569,27 milhões em negócios gerados e prospectados 625.641 vistantes, 1.386 expositores, 9.620 animais em leilão e exposição, 146 eventos técnicos e 10 mil empregos gerados.

Reação ao aumento

O reajuste da Sanepar provocou a reação de prefeitos. De Paranavaí, o prefeito Delegado Kaique (PSDB) proibiu com decreto que a Sanepar aplique o reajuste na cidade. A ideia foi replicada em outras cidades e há prefeitos cogitando a mesma proibição. Como último ato à frente da Associação dos Municípios do Paraná, o prefeito de Coronel Vivida, Frank Schiavini (MDB), entregou uma carta ao governador em exercício, Darci Piana, pedindo que o governo haja para impedir o aumento.

Escola Sem Partido

Um pedido de vista feito pelo deputado Professor Lemos (PT) adiou a votação do relatório apresentado pelo deputado Luiz Fernando Guerra (PSL) ao projeto Escola Sem Partido na Comissão de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior da Assembleia Legislativa. Lemos alegou que outras propostas semelhantes apresentadas no Brasil foram consideradas inconstitucionais.

Força-tarefa

A Secretaria Estadual da Fazenda inicia hoje as articulações para criar uma força-tarefa para combater os crimes de contrabando e descaminho no Paraná. A iniciativa prevê ainda a criação de um disque denúncia para facilitar a desarticulação de grupos que atuam nas atividades ilícitas.

 



Fale com a Redação

18 − treze =