Coluna ADI do dia 11 de junho de 2019

Cida na presidência

A diretoria da Associação Giuseppe Garibaldi anunciou a indicação da ex-governadora Cida Borghetti para concorrer à eleição para a presidência da entidade. “Fiquei muito honrada com a indicação e o apoio dos companheiros de diretoria. Eu e minha família temos uma história e um grande carinho pela sociedade. Estou motivada com esse novo desafio e darei o máximo de mim para concretizar os anseios dos associados”, disse Cida.

Contra aborto

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisa aponta que 75,4% dos brasileiros são contra a legalização do aborto “em qualquer situação”, 18,8% são a favor e 5,8% não responderam. Entre as mulheres, 70,7% são contra o aborto e entre os homens, esse porcentual é de 80,6%. O Paraná Pesquisa entrevistou 2.071 eleitores de 4 a 6 de junho de 162 cidades. Um dado: 35,5% dos entrevistados admitem conhecer alguém que já fez aborto.

Porte de armas

Proposta de campanha do presidente Jair Bolsonaro, os decretos do governo que flexibilizaram o porte de armas voltam ao debate na Comissão de Constituição e Justiça do Senado nesta quarta-feira (12), quando serão lidos os votos em separado dos senadores Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) e Fabiano Contarato (Rede-ES). Eles defendem a aprovação dos projetos de decreto legislativo que suspendem os efeitos dos decretos sobre armas.

Lei das Licitações

A Câmara dos Deputados vota hoje (11) a nova Lei de Licitações que tem entre as novidades a criação de uma modalidade específica para a compra de tecnologias: o chamado diálogo competitivo. O relator, deputado Augusto Coutinho (SD-PE), acrescentou que o texto traz ainda ferramentas para impedir que obras fiquem inacabadas, como a criação de um calendário de pagamentos pela administração e de contas vinculadas.

Hospitais universitários

Os quatro hospitais universitários das universidades estaduais do Paraná atendem 392 mil pessoas por ano e são a principal porta de entrada para o SUS nas cidades de Maringá, Ponta Grossa, Cascavel e Curitiba. Neste ano, a Unicentro, em Guarapuava, criou seu curso de medicina neste ano e deve ser a gestora do Hospital Bernardo Ribas Carli,

Agilidade na reforma

O senador Oriovisto Guimarães (Pode-PR) prevê aprovação até julho da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados e que até agosto o tema será discutido no Senado. Oriovisto disse que somente a mudança na Previdência vai melhorar a situação econômica do País. “O Brasil quebra sem a reforma”.

Aposentadoria compulsória

Aposentados compulsoriamente pelo Conselho Nacional de Justiça, 47 magistrados tiveram um rendimento bruto de cerca de R$ 10 milhões em seis meses. Os juízes e os desembargadores e até um ministro do STJ perderam os cargos entre 2008 e 2018 por venda de sentença, desvio de recurso, tráfico de influência, conduta negligente e outras faltas disciplinares.

Maternidade

O deputado Aliel Machado (PSB) pediu ao ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) agilidade na liberação de recursos para as obras em andamento da maternidade que está sendo construída ao lado do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa. “A obra vai atender a todos os municípios da região e pedimos celeridade no processo. O ministro também destacou a importância da maternidade e se comprometeu em dar atenção especial para entregar a maternidade o quanto antes à população”, revelou Aliel.



Fale com a Redação

1 × dois =