Cascavel – Florescer a vida: valorização e cuidado com a vida. Esse foi o tema de palestra ministrada aos colaboradores da Unipar (Universidade Paranaens), Unidade de Cascavel. A troca de conhecimentos foi proporcionada pela psicóloga Lucimaira Cabreira. Ação foi organizada pela Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes).

Por meio da fala e de vivências, a professora permitiu aos convidados refletir alguns questionamentos: Como estamos nos sentindo? O que fazemos com os nossos sentimentos? Reconhecemos nossos sentimentos?

Segundo a psicóloga, é essencial aprender a reconhecer o que sente, dar nome e expressar o sentimento. “Por mais que queiramos disfarçar sentimentos, não conseguimos, a boca pode não falar, mas o nosso corpo conta”, disse.

Ela também destacou a importância de estabelecer relações de confiança na vida pessoal e profissional, ter disponibilidade para se aproximar e também assumir que temos responsabilidade de nos aproximarmos das pessoas.

A partir de dinâmica, instigou as pessoas a compartilharem o que sentem e acolher o que o outro sente. Cada um pôde retirar uma pedra de cima da caixa de papelão, como símbolo do que dificulta compartilhar com os outros os sentimentos, e, a proposta, foi compreender que ao tirar as “pedras”, no lugar podem nascer lindas flores.

“Podemos ser ponte uns com os outros; precisamos criar elos de confiança e de companheirismo para dar conta do cotidiano, e, para fazer ponte, é preciso sair do lugar”, afirmou.