A governadora Cida Borghetti anunciou nesta quinta-feira (13) a criação do 10º Subgrupamento de Bombeiros Independente, em Irati, no Centro-Sul do Estado. Na mesma solenidade, Cida entregou uma viatura para a Patrulha Maria da Penha, que é utilizada exclusivamente no atendimento às ocorrências de violência doméstica. O município já recebeu o botão do pânico, que também é voltado ao atendimento às mulheres vítimas de violência.

A governadora também participou da formatura de 300 alunos das escolas municipais e estaduais no Programa de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). Cida destacou a importância das ações para reforçar a segurança na região. “A unidade do Corpo de Bombeiros passa a ter mais autonomia e também mais recursos para um atendimento de qualidade da população”, disse. “Também reforçamos o trabalho de prevenção à violência doméstica. É necessário um trabalho conjunto e uma campanha permanente para a não-violência à mulher, à criança, ao adolescente e ao idoso”, afirmou.

No encontro com o prefeito Jorge Debli, lideranças e comunidade, a governadora foi homenageada com a comenda Pérola do Sul, honraria entregue a personalidades que colaboram com o desenvolvimento do município.

SUBGRUPAMENTO INDEPENDENTE

Com a elevação, a unidade do Corpo de Bombeiros de Irati, que pertencia ao 2º Grupamento de Ponta Grossa, passa a responder diretamente ao comando do Corpo de Bombeiros, em Curitiba, e ganha mais autonomia e poder de ação, além de um orçamento próprio.

De acordo com o coronel Antônio Zanatta Neto, chefe do Estado-Maior da Polícia Militar e comandante interino do Corpo de Bombeiros, também estão previstos um aumento no efetivo e mais investimentos e equipamentos na unidade, que vai atender 21 municípios da região.

“É um avanço para a região. Além de aproximar o Corpo de Bombeiros da comunidade, a unidade vai trazer mais segurança, seja nas vistorias nos prédios e construções ou no atendimento ao público pelo setor de busca e salvamento, de combate a incêndios e no atendimento a traumas, por meio do Siate”, afirmou o coronel Zanatta.

MARIA DA PENHA 

Irati é o quarto município paranaense a receber uma viatura da Patrulha Maria da Penha, que é utilizada exclusivamente no atendimento às ocorrências de violência doméstica, orientações às vítimas e encaminhamento dos suspeitos à Polícia Civil. Já receberam o veículo as cidades de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, Guarapuava, no Centro-Sul do Estado, e Paranavaí, no Noroeste.

O atendimento das vítimas será feito de forma conjunta pela Polícia Civil, Polícia Militar e a Guarda Municipal. “A finalidade é fazer um atendimento diferenciado em situações de violência contra mulheres. O carro não tem giroflex para não causar tanto impacto, e busca atender as mulheres em situação de perigo”, explicou o delegado Paulo César Ribeiro.

A proposta da Patrulha Maria da Penha é fazer o acompanhamento das mulheres que possuem medidas protetivas, com o objetivo de inibir agressões e garantir o cumprimento da determinação judicial. Os veículos utilizados nas patrulhas são da frota do Governo do Estado, que estavam em uso administrativo e passam a ser utilizadas no setor operacional, em áreas importantes para a população.

PROERD

Cida Borghetti destacou o trabalho do Proerd, que atua na educação para prevenir o acesso de crianças e jovens às drogas e à violência. O programa é uma iniciativa do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC) da Polícia Militar que já formou mais de 1,5 milhão de jovens em todo o estado.