Cascavel – O Setor de Controle de Endemias da Vigilância em Saúde Ambiental da Prefeitura de Cascavel programou vistorias em 2.708 imóveis na região do bairro Santa Cruz. A ação, que acontece nesta terça (26) e quarta-feira (27), será desencadeada em todos os bairros que apresentaram os maiores índices de infestação do mosquito Aedes agypti no último Liraa (Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti), realizado de 18 a 20 de outubro.

Em números gerais, Cascavel apresentou índice de 1,1%, considerado médio risco. O índice preconizado pelo Ministério da Saúde é de 1%. Porém, em algumas localidades, o índice ficou acima da média de 1,1%, entre elas as regiões dos bairro Santa Cruz, Palmeiras, Alto Alegre, Santo Onofre, FAG,m Treviso, Paulo Godoy e Centro II. Nesses locais, o índice foi de 2,3%.

A decisão de começar pelo Santa Cruz se deve ao fato de ter sido o bairro com maior volume de focos do mosquito. As ações serão de orientação aos moradores e eliminação de focos.

“A Secretaria de Saúde pede colaboração na recepção dos agentes de endemias para a realização da vistoria, e solicita aos moradores que são do grupo de risco ou que estejam com sintomas ou positivos para Covid-19 que informem o agente no momento da abordagem para inspeção do imóvel”, destaca Ana Paula Barboza Iurkievicz.