São Paulo – O Instituto Butantan recebeu ontem (13) uma remessa de 12 mil litros de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) para produção de vacina CoronaVac contra covid-19. A remessa, a maior até agora de matéria-prima vinda da China, é suficiente para o envase de 20 milhões de doses do imunizante.

A carga saiu de Pequim domingo (11), fez escalada na Suíça, e chegou ao Aeroporto Internacional de Guarulhos às 4h30 desta terça-feira.

A preparação das vacinas para aplicação pelo PNI (Programa Nacional de Imunizações) deve ser feita em um período de 15 a 20 dias. O imunizante será, então, disponibilizado para aplicação em todo o País.

O Butantan já disponibilizou 53,1 milhões de doses da vacina elaborada em parceria com o laboratório chinês Sinovac. O instituto assinou dois contratos com o Ministério da Saúde para o fornecimento de 100 milhões de doses do imunizante até o final de agosto.

Foto: Reuters/Amanda Perobelli