Sandra Maceda Rubert, a brasileira sequestrada no último sábado (14), no município de Mbaracayú, foi resgatada pela Polícia Nacional na tarde dessa terça-feira (17), na área de Colônia Guaraní no Paraguai. A mulher está segura e passará por um check-up médico.

A operação de resgate foi realizada na Colônia Guaraní, a cerca de 30 quilômetros da residência da mulher. A polícia cercou a zona de resgate e a cidade de Puerto Índio com o objetivo de capturar os autores do sequestro.

Segundo os primeiros dados, os sequestradores não têm ligação com grupos guerrilheiros e foram vistos nas proximidades do Lago Itaipu e atuavam nos transportes de cargas na fronteira entre o Paraguai e o Brasil, mas devido às últimas incursões de autoridades brasileiras na costa do país vizinho, eles mudaram de ” atividade “e teriam perpetrado o sequestro.

“Foi feita uma operação de resgate com o Ministério Público. Houve um confronto, a senhora está conosco sã e salva. Temos detidos e não podemos dizer se há pessoas mortas ”, disse o comissário Nimio Cardozo, chefe do Anti-sequestro da Polícia, em entrevista à emissoras de rádios paraguaias.

Com informações Rádio Cultura e Midiamax