A Vigilância em Saúde Ambiental, do Setor de Controle de Endemias, realiza em Cascavel nesta quinta-feira (22) mais uma ação para orientar moradores sobre os risco de infestação do mosquito da dengue.
Será a quarta etapa após o 3º Levantamento de Índice rápido e amostral (Liraa) desenvolvido em junho deste ano.
Os agentes já passaram pelos bairros que ficam na região do XIV Novembro (22/06), Veneza (07/07), Alvorada (14/07) e agora chegou a vez da região do Santa Cruz (22/07).
Por ordem, as quatro regiões, chamadas de estratos pela vigilância em saúde, ficaram com os maiores índices de criadouro do mosquito Aedes aegypti.
Amanhã os servidores voltam para vistoriar 2.547 casas no Centro II, Palmeiras I, Alto Alegre, Santo Onofre, Santa Cruz I e II, Fag, Treviso, Paulo Godoy onde a infestação apontou 1,6% (médio risco).
“A Secretaria de Saúde pede colaboração da população e lembramos que a prevenção é sempre a melhor escolha, não deixem  acumular água e virar um criadouro do mosquito Aedes aegypti”, ressalta Ana Paula Barbosa, coordenadora do setor de endemias.
O ponto de encontro para dar largada aos trabalhos será na Igreja Católica que fica na rua Nhambiquaras 1083, no bairro Santa Cruz às 8h.
A equipe de Educação em Saúde também participa da força-tarefa desenvolvendo atividades lúdicas e educativas em frente à Escola Municipal Maria Tereza Figueiredo, na rua Xavante, no Santa Cruz, durante manhã e tarde.