Londrina – Um agente penitenciário de 44 anos foi encontrado morto, dentro de sua casa, na manhã desta quinta-feira (6). Vanderlei Vitti Fernandes morava em um condomínio fechado na zona norte de Londrina e estava licenciado de sua função no Centro de Reintegração Social de Londrina por questões médicas.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 11h porque o Honda Fit do agente estava abandonado no Conjunto Habitacional Jerônimo Nogueira, também na zona norte. O veículo estava sem as duas rodas traseiras.

Ao chegarem à casa de Vitti, os policiais o encontraram morto sobre sua cama. Ele apresentava um corte no pescoço, provavelmente causado por uma garrafa. A causa oficial da morte só será apontada após o laudo do IML (Instituto Médico Legal).

As investigações apontam que um homem ainda não identificado foi autorizado pelo próprio agente, na noite da última quarta-feira (5), a entrar no condomínio. Seu Monza com placas de Londrina permanecia em frente à casa de Vitti na tarde desta quinta. Assim como a cena do crime e o veículo da vítima, o automóvel passou por perícia do Instituto de Criminalística.

Vizinhos disseram que não ouviram barulhos estranhos ou perceberam qualquer movimentação fora do normal. Da residência foram levados um notebook e uma televisão, o que configuraria latrocínio. No entanto, não se descarta que o assassino tenha roubado os objetos para tentar encobrir sua real motivação.

O homem que entrou no condomínio na noite de ontem é procurado pela Polícia Militar.

(Com informações do Bonde)