O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), acolheu pedido da OGE (Procuradoria-Geral da República) e autorizou abertura de inquérito para investigar o suposto envolvimento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) com um esquema de corrupção que agia no fundo de pensão dos funcionários dos Correios, o Postalis. Barroso deu 60 dias para a Polícia Federal investigar o caso.

No STF, Carmem Lúcia é a mais simpática

Entre os 11 ministros do STF, Carmem Lúcia é mais simpática, conforme levantamento do Paraná Pesquisas que entrevistou 2.680 eleitores entre os dias 21 e 24 de agosto. Carmem Lucia foi citada por 20% dos entrevistados, seguida de Edson Fachin (5,8%), Ricardo Lewandowski (3%), Roberto Barroso (2,5%) e Celso de Mello (2,2%). Os demais receberam entre 1,9% e 1%. Metade disse que nenhum é simpático.