COTIDIANO

Riscos reduzidos para investimento em imóveis alavancam setor da construção civil

23 de junho de 2022 às 13:51
Publicidade

 

Um mercado que se estabiliza com facilidade, afinal quem nunca pensou em direcionar seus investimentos em um imóvel, pensando que lá na frente certamente haverá valorização, com riscos reduzidos? De acordo com o presidente do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil) Paraná Oeste, Ricardo Lora, no início da pandemia, em 2019, a instabilidade econômica fez muitos investidores mudarem a forma de aplicação do dinheiro. “Aproveitando a taxa selic baixa, os recursos foram direcionados para imóveis, que é um investimento com histórico de rentabilidade excelente, com retorno acima do que se consegue com outro tipo de aplicação”, explica.

A prova do aquecimento da construção civil é que, em Cascavel, mais de 80 edifícios residenciais, somente com mais de 10 pavimentos, estão sendo levantados. “Considerando que são empreendimentos de longo prazo, então foram alavancados no início da pandemia. Alguns começaram a ser construídos há dois anos, sem contar as que têm menos de 10 pavimentos”, acrescenta Lora.

A tendência, de acordo com o presidente, é de crescimento, visto que mesmo com a taxa de juro mais alta, a Caixa Econômica Federal, que é a maior financiadora para empreendimentos residenciais, vem batendo recordes em número de contratos fechados, e o Sinduscon tem investido na valorização dos profissionais da construção, com reajustes e treinamento para qualificar mão de obra.

Outro fator que deve contribuir para valorizar o mercado da construção civil é a ExpoConstruindo, que será realizada entre 07 e 10 de julho, em Cascavel, Paraná, no Centro de Convenções e Eventos. O evento também ocorrerá em Toledo de 01 e 04 de setembro, e em Foz do Iguaçu de 06 a 07 de outubro. “A ExpoConstruindo vem para incentivar ainda mais o consumidor final, que encontra tudo o que precisa, do básico ao acabamento, prestação de serviço e oportunidades para negociação com preços diferenciados”, finaliza Lora.

Os preparativos para as edições da ExpoConstruindo estão acelerados, principalmente para Cascavel, primeira cidade a receber a feira no calendário de 2022. “Estamos com uma expectativa bastante positiva, principalmente pela retomada pós-Covid, que deixa o mercado aquecido e traz muitas demandas que, antes, podiam estar adormecidas”, incentiva o idealizador da ExpoConstruindo, Edinho Milanezi.

Para antecipar seu credenciamento para a edição de Cascavel, acesse:
https://schenautomacao.com.br/expoconstruindo/

Assessoria

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE