Quem chega à UBS (Unidade Básica de Saúde) do Bairro Santa Cruz, zona oeste de Cascavel, encontra já na parede os avisos. Cartazes improvisados em folha sulfite avisam que três médicos estão de férias: um ginecologista fica ausente de 7 até dia 21; o clínico-geral saiu dia 2 e só volta dia 21; e um terceiro médico saiu dia 17 de dezembro e volta dia 15 deste mês.

O quarto cartaz informa sobre o atendimento da ginecologista: são 12 fichas apenas para a tarde, das quais dez pré-agendadas e duas para emergência. Na linha de baixo a informação: não havia mais vaga.

“Acordei cedo para levar meu filho ao posto e não consegui atendimento. Ele estava mal, com ânsia de vômito. Agora não sei o que fazer. Vou voltar para casa e fazer um chá”, lamenta a aposentada Maria Raquel Marques, que saiu frustrada da UBS.

Outro fator que eleva a procura pela UBS é que ela fica aberta até as 22h, a exemplo das unidades dos Bairros Guarujá e Santa Felicidade.

Conforme a prefeitura, a UBS tem oito médicos no período regular e dois das 19h às 22h. Ocorre que, além dos três médicos que estão em férias, dois estão de licença-maternidade. Situação que vai permanecer assim pelo menos até a próxima semana. Há previsão de lotação de mais um médico a partir do dia 14 deste mês, quando um profissional assume o concurso público.

Ainda segundo a prefeitura, a partir do dia 16 há o retorno de um dos profissionais em férias, dia 15 a lotação de mais um médico e dia 22 o retorno de mais dois profissionais que estão em férias. “No que tange às licenças-maternidade, há previsão de retorno de uma das profissionais na segunda quinzena de fevereiro e da outra profissional no início de março”.

A prefeitura informou também que, “no que diz respeito à cobertura dos profissionais em férias, informamos que os mesmos estão sendo cobertos por dois profissionais em escalas de horas extras”.

Contudo, a reportagem do HojeNews esteve na unidade ontem à tarde, e apenas uma médica fazia atendimento.

Escala total

Em todo o Município, conforme a Secretaria de Saúde, são 241 médicos, distribuídos em 53 serviços, 100 profissionais subdivididos em 43 unidades de saúde. A prefeitura não informou quantos profissionais estão de férias.

Demanda conforme disponibilidade

Em nota, a prefeitura informou que a UBS do Bairro Santa Cruz atende as demandas conforme a disponibilidade de profissionais, sendo que não segue a mesma configuração e quantidade de atendimentos todos os dias. O processo de férias dos profissionais se encerra até 22 de janeiro, porém o quadro já começa a ser regularizado a partir do dia 16.

A área de abrangência da unidade do Santa Cruz é bastante extensa e a Secretaria de Saúde inicia ainda este ano a construção da Unidade de Saúde Tio Zaca, possibilitando implementar quatro equipes do PSF (Programa Saúde da Família) na região.