A governadora Cida Borghetti enviou nessa segunda-feira (12) à Assembleia Legislativa uma proposta de alteração na Lei Complementar 103/2004 que dispõe sobre o Plano de Carreira do Professor da Rede Estadual de Educação Básica do Paraná que regulamenta o cumprimento das horas atividade, período em que os professores estudam e elaboram as avaliações e o planejamento das aulas.

Atualmente, um professor com padrão de 20 horas tem que cumprir 15 aulas de 50 minutos na escola, nove horas de atividades de 50 minutos sendo cinco de comprimento obrigatório na escola e outras quatro em local de livre escolha.

A proposta do governo do Estado permite que os profissionais utilizem as nove horas destinadas aos estudos e planejamento pedagógico em local de livre escolha.

“Com a mudança que iremos propor, os professores poderão cumprir essas nove aulas de hora atividade em casa. Isso, além de melhorar a qualidade de vida, dá mais flexibilidade aos professores. Nosso objetivo é trazer para os profissionais de ensino do Paraná uma das mais atuais tendência de mercado, o home office”, diz a governadora.