A Secretaria da Comunicação Social e da Cultura, por meio da Superintendência da Cultura, lança na manhã desta terça-feira, em cerimônia reservada a poucas presenças no Teatro Guaíra e transmitida pelo YouTube, o programa de Bolsa Qualificação e a plataforma de streaming Paraná Cultura, programas de fortalecimento à Cultura do Estado e à classe artística paranaense.

A cerimônia conta com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Júnior, do vice-governador Darci Piana, do secretário da Comunicação Social e da Cultura João Debiasi, da superintendente-geral da Cultura Luciana Casagrande Pereira, do chefe da Casa Civil Guto Silva, do reitor da UEPG Miguel Sanches Neto e do superintendente de Ensino Superior do Paraná Aldo Bona. Com distanciamento social e todos os protocolos de segurança, eles apresentam dois projetos de impacto para o setor cultural do Estado.

O primeiro deles será o lançamento oficial da Bolsa Qualificação – Lei Aldir Blanc 2021. Este programa vai contemplar 12 mil trabalhadoras e trabalhadores da Cultura no Estado ainda em 2021. Serão disponibilizadas vagas em cursos de qualificação no sistema de Ensino a Distância, via Universidade Federal de Ponta Grossa (UEPG), com distribuição de vagas proporcional à população de cada macrorregião. Cada contemplado receberá R$ 3 mil divididos em três parcelas de R$ 1 mil, e deverão obrigatoriamente acompanhar as aulas de qualificação em políticas públicas de incentivo à Cultura e referentes às suas áreas de atuação.

Elas serão divididas em 3 módulos de 40 horas, sendo o primeiro módulo comum a todos. Já o segundo e terceiro módulos serão voltados para as áreas de Artes Visuais; Audiovisual; Circo; Dança; Literatura, Livro e Leitura; Música; Ópera; Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares; Teatro e Técnicos que atuam na cadeia produtiva da Cultura.

Luciana Casagrande Pereira, superintendente-geral da Cultura:

Os participantes assistirão a aulas gravadas e receberão assistência de facilitadores da UEPG. Para se inscrever é preciso comprovar o vínculo com a área da Cultura de forma descomplicada e desburocratizada. “Nosso objetivo é promover um profundo assessoramento e muito conhecimento técnico aliado ao apoio financeiro essencial para o momento crítico que estamos atravessando, através do maior e mais completo programa de qualificação cultural do país”, afirma a superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira.
O segundo grande lançamento é o Paraná Cultura, uma plataforma multimídia criada pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura para dar vez e voz à produção cultural paranaense. São mais de mil vídeos de música, artes cênicas e cinema, além de livros e podcasts produzidos aqui no Paraná, durante a pandemia. Além disso, também ficam disponíveis totalmente gratuitos para o consumo da população na plataforma as principais produções das companhias e espaços culturais do Estado, como peças do Balé Guaíra e apresentações da Orquestra Sinfônica do Paraná.