A Copel investiu R$ 1,27 bilhão no primeiro semestre deste ano, conforme o balanço da empresa divulgado na noite de terça-feira (14). O investimento foi feito principalmente na melhoria e expansão da rede elétrica para o atendimento à população. “São investimentos que melhoram muito o fornecimento de energia. Neste ano, a Copel vai investir ainda mais para atender os paranaenses cada vez melhor”, disse o presidente da Copel, Jonel Iurk.

O programa de investimentos da Copel para este ano é de R$ 2,9 bilhões. Entre as obras em andamento destacam-se 16 novas subestações, a construção da Usina Baixo Iguaçu e a linha de transmissão Curitiba/Blumenau.

Uma nova linha de transmissão para conectar as subestações Realeza Sul e Baixo Iguaçu, no sudoeste do Paraná também recebeu investimentos. “O novo empreendimento vai ajudar a escoar a energia produzida na Usina Hidrelétrica Baixo Iguaçu, que deve começar a gerar em janeiro do ano que vem”, disse Iurk.

A receita operacional líquida da Copel no primeiro semestre de 2018 foi de R$ 6,9 bilhões. O lucro líquido foi de R$ 692,2 milhões.