COTIDIANO

Com trabalho intenso durante a noite, Copel religa quase 90% das unidades afetadas pelo temporal

24 de abril de 2022 às 15:00
Com trabalho intenso durante a noite, Copel religa quase 90% das unidades afetadas pelo temporal - Na foto, trabalhos na área central dae Maringá: avenidas Mandacaru, XV de Novembro, Colombo e Rua Piratininga - Curitiba, 24/04/2022
Publicidade

Durante a noite, equipes da Copel normalizaram o fornecimento de energia da metade das unidades consumidoras que ainda estavam com o serviço interrompido devido às fortes chuvas que atingiram o Paraná na madrugada de sábado (23). Com mais de mil profissionais em campo durante todo o dia de ontem, 80% dos domicílios afetados já haviam sido religados até as 18h.

Neste domingo (24), eletricistas de serviços e manutenção se deslocam das regiões menos prejudicadas pelo evento para áreas do Noroeste e Oeste do Estado, onde os estragos foram mais intensos. No Noroeste, ao menos 100 postes foram quebrados. Eles reforçam o contingente em serviços como a retirada de galhos sobre a rede, na emenda de fiação rompida e na troca de postes quebrados, que são as principais causas dos desligamentos ocorridos.

No momento, 64 mil clientes estão sem energia em todo o Estado, sendo 48 mil na região Noroeste e quase 13 mil no Oeste do Estado. Maringá possui 27 mil imóveis sem luz. (Números atualizados às 9h30).

Nos municípios de Ourizona e São Jorge do Ivaí, que chegaram a ter o fornecimento de energia completamente interrompido, as fontes foram restabelecidas. Em Mirador e Amaporã, na região de Paranavaí, as fontes têm postes quebrados em locais de difícil acesso e as equipes de construção de redes seguem em campo hoje para reerguer as redes e restabelecer o serviço.

Já em Maripá, no Oeste, cidade atingida por uma forte da chuva de granizo na sexta-feira, 1,5 mil unidades consumidoras ainda estão sem energia.

(Agência Estadual de Notícias)

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE