O diretor de Operações e vice-presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Wilson Bley Lipski, e o secretário executivo do Conselho e Integração Sul (Codesul), Wilson Quinteiro, participaram de uma reunião virtual com membros da Zona de Integração do Centro Oeste da América do Sul (Zicosur), criada em 1997. Um dos objetivos é aumentar a integração com atores comerciais e autoridades relevantes do Mercosul.

Foram debatidos temas como o enfrentamento da pandemia da Covid-19, convergências entre os países membros, um novo estatuto para o Conselho, assuntos relacionados aos efeitos climáticos, sustentabilidade e meio ambiente, como reflexo da Cúpula do Clima, além de formas de integração para o desenvolvimento econômico e social das regiões.

“Durante o encontro, reafirmamos o compromisso do Governo do Paraná em evoluir em ações conjuntas de desenvolvimento para melhorar a economia. Destacamos também o empenho do governador Carlos Massa Ratinho Junior na construção de uma ligação ferroviária entre Paranaguá e o Paraguai, trazendo benefícios sociais e econômicos ao Paraná e também ao país vizinho”, enfatizou o vice-presidente Wilson Bley, que representou o governador do Paraná.

A ferrovia é a Nova Ferroeste, corredor de 1.285 quilômetros entre Paranaguá e Maracaju (MS), mas que também terá um ramal de Cascavel a Foz do Iguaçu, fazendo do município da fronteira um ponto de encontro do modal rodoviário, com a Ponte da Integração, e ferroviário.

A expectativa, de acordo com os técnicos que estudam o projeto, é que pela Nova Ferroeste seja possível transportar 35 milhões de toneladas por ano – ou aproximadamente 2/3 da produção da região, dos quais 74% seriam de cargas destinadas para a exportação. Toda essa operação só será viabilizada com apoio dos outros países da América do Sul.

ZICOSUR – O Zicosur é composto por estados, cidades e províncias do Brasil, Argentina, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru e Uruguai e tem como principal objetivo levar o desenvolvimento igualitário para as localidades. “Essas discussões são muito importantes para que possamos ter um mercado competitivo, mas também compartilhar oportunidades”, explicou Quinteiro.

Ainda durante o encontro, a província de Entre Rios, na Argentina passou a ser membro do grupo e o governador de Tucuman, Juan Luis Manzur, foi reconduzido ao cargo de presidente do Conselho, até 2022. A presidência da associação é rotativa e tem mandato de dois anos.