O Brasil entrou em recessão no primeiro trimestre de 2020, dando fim à expansão econômica que durava 12 trimestres. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (29) pelo Codace (Comitê de Datação de Ciclos Econômicos), órgão ligado ao Ibre/FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas).

O PIB (Produto Interno Bruto – soma de todas as riquezas produzidas no país) do Brasil caiu 1,5% no primeiro trimestre de 2020 na comparação com os três meses anteriores (outubro a dezembro), segundo dados divulgados pelo IBGE em maio.
O dado do segundo trimestre deve mostrar queda de quase 10%, segundo projeções de mercado, devido aos efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a atividade.