Toledo – O Biopark – Parque Científico e Tecnológico de Biociências, localizado em Toledo, contratou R$ 10 milhões em financiamentos do BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento Econômico), provenientes do Finep Inovacred, para conclusão de um dos prédios do empreendimento. O projeto do Biopark tem como objetivo transformar a região em um polo de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

O empreendimento é o primeiro do gênero com foco em biociências e biotecnologia do Brasil. O BRDE está apoiando a construção do primeiro prédio do Biopark que abrigará institutos de pesquisas e o centro analítico, além do curso de Medicina da UFPR (Universidade Federal do Paraná), que já está funcionando no local.

“O projeto do Biopark é uma iniciativa pioneira do setor empresarial privado do Paraná. Para o BRDE, financiar esse empreendimento tem estreita ligação com a missão e a vocação do banco ao estimular iniciativas pioneiras e inovadoras”, afirma o gerente-adjunto de Operações da Agência Paraná do BRDE, Sérgio Sato.

O projeto arquitetônico do Biopark compreende uma área física de 240.000m² e é composto por três edifícios para universidades, outros três para laboratórios, auditório para 600 pessoas, prédio corporativo com 12 andares, restaurante e ginásio poliesportivo, além de grande área verde. A área total do projeto é de 4 milhões de metros quadrados.

“A parceria com o BRDE é de extrema importância para a evolução e consolidação das atividades iniciais do Biopark que beneficiarão não apenas Toledo, mas toda a região oeste e o Estado do Paraná”, comenta Marcelo Sáfadi Alvares, membro do Conselho Consultivo do Biopark.

Inovacred

A linha Finep Inovacred financia projetos de empresas com receita operacional de até R$ 90 milhões para aplicação em desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos ou no aprimoramento daqueles já existentes. Pode também financiar inovação em marketing ou inovação organizacional, visando ampliar competitividade das empresas.

Pelo Inovacred, podem ser financiados até 90% do valor do projeto para microempresa, até 80% para pequena empresa e até 80% para média empresa. As taxas são: TJLP para micro e pequenas empresas; TJLP + 1% ao ano para médias empresas. O prazo total é de até 96 meses.