Foz do Iguaçu – O Dia dos Pais será comemorado dia 12 de agosto e na fronteira a expectativa para a data é de crescimento nas vendas. De acordo com o Sindilojas (Sindicato dos Lojistas e do Comercio Varejista), no geral o movimento no comércio deve crescer pelo menos 10% em relação ao ano passado, mas nos segmentos de vestuário e calçados o aumento deve ser mais significativo. “É uma data de apelo emocional e que abrange diversos setores, indo desde carros até roupas e calçados e então o impacto sem dúvida será positivo. No comércio de calçados e roupas, itens de uso pessoal no geral, que são os mais procurados, esperamos um aumento de 50% nas vendas”, explica o diretor do Sindilojas de Foz do Iguaçu, Kamal Osman.

As promoções de artigos de inverno também devem ajudar nesse aumento de vendas. “Os comerciantes já têm estoques específicos para essa época, mas as liquidações dos produtos de inverno devem ajudar a atrair os clientes”, ressalta Kamal.

Algumas lojas até já se preocupam com reforços no quadro de funcionários temporários para os próximos dias. “Os comerciantes estão otimistas, temos visto empresas contratando funcionários extras para auxiliar nas vendas”, reforça Kamal Osman.

Cascavel e Toledo

Em Cascavel, o Sindilojas estima aumento de 3% nas vendas para a data, mas com picos: “Existem segmentos em que o crescimento pode chegar a até 30%, mas em outros as vendas podem até cair nesse período. Então cada lojista precisa se preparar, manter os preços ou investir nas tradicionais promoções”, explica o presidente do Sindilojas de Cascavel, Leopoldo Furlan.

Em Toledo, a Associação Comercial e Industrial também vê a data com boas expectativas, já que as vendas em julho já demonstraram aumento em relação ao mês anterior. “Estamos confiantes. As vendas reagiram em julho e esperamos que agosto não seja diferente”, afirma a diretora de Comércio da Acit, Franciele Rezzadori de Souza.

Além das promoções de artigos de inverno, comerciantes têm apostado também em sorteios e interação nas redes sociais. “Preparamos presentes e sorteios com premiações atrativas. E usando também as redes sociais para incentivar pais e filhos a interagirem com vídeos e quem tiver maior aprovação por meio de curtidas leva prêmio”, explica Francielle.

Paraná

No Paraná, a Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) estima que este seja o Dia dos Pais mais movimentado e lucrativo dos últimos quatro anos. A estimativa é de que 69,5% dos consumidores paranaenses devem dar um presente aos pais dia 12. Aumento de 7,5 pontos percentuais em relação à data no ano passado, quando 62% dos filhos pretendiam presentear. Em 2016, a intenção de compras foi de 68% e, em 2015, era de 61%.