CBF descarta futebol em maio, mas já projeta estaduais em junho

A ideia é de que os times se reapresentem a partir de maio e tenham tempo para uma nova "pré-temporada", preparando-se para a sequência dos estaduais e, depois, as competições nacionais.

Curitiba – Apesar de não ter ainda uma definição oficial, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) colocou junho como o mês limite para o futebol voltar a ser realizado no País.

Quando usar máscara de pano

A ideia é de que os times se reapresentem a partir de maio e tenham tempo para uma nova “pré-temporada”, preparando-se para a sequência dos estaduais e, depois, as competições nacionais.

“A CBF entende que em maio não vai haver futebol, mas o retorno não pode passar de junho, sob pena de comprometer todo o calendário nacional. O objetivo é concluir os estaduais para começar o Brasileiro. Aí há uma grande chance de o Brasileiro adentrar o próximo ano”, disse Evandro de Carvalho, presidente da FPF (Federação Pernambucana de Futebol), em entrevista ao GloboEsporte.com.

Assim, o Campeonato Brasileiro voltaria a ser disputado provavelmente em julho, indo até fevereiro de 2021. Os próprios participantes das Séries A e B reforçaram que querem que a competição seja mantida com 38 rodadas.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

nove + catorze =