Cascavel – Alex Sander da Silva Gallio quer uma OAB forte, uma advocacia valorizada e a constante capacitação e qualificação do advogado. Presidente eleito da OAB Cascavel, Gallio consolidou uma carreira jurídica de respeito. Estudou direito na Unipar de Toledo e se formou no ano de 2000. É sócio do escritório Boschirolli & Gallio Advogados Associados.

Gallio foi eleito presidente da Subseção da OAB Cascavel pela chapa OAB Para Todos, no dia 25 de novembro em uma eleição histórica. Estará a frente da entidade a partir de janeiro de 2022 até 2024. Além de Gallio, a nova diretoria que assumirá os trabalhos é composta por Deisi Cardoso, vice-presidente, Charles Lustosa, tesoureiro, Josnei Oliveira como secretário geral e Clarissa Sgarioni, secretária geral adjunta. O grupo será responsável por representar 3.109 advogados ativos da subseção que, além de Cascavel, abrange também outras 13 cidades da região.

Para Gallio, representar a entidade como presidente significa poder seguir um trabalho de excelência. “A gente está muito motivado, porque o trabalho da gestão atual foi muito bem feito. Eles (gestão atual) inspiraram todo um grupo que nos motivou a continuar esse legado que eles deixaram. Participamos de um pleito difícil com outros três candidatos, mas todo o trabalho desenvolvido pela atual gestão, mais o trabalho desenvolvido pelo time que montamos, fez com que a gente alcançasse esse resultado”, disse Gallio.

O novo presidente entende que a reeleição da OAB Para Todos se deu devido ao trabalho desenvolvido pela gestão que está sendo concluída agora. “A leitura que a gente faz de todo esse contexto, essa diferença de votos se dá muito em razão do trabalho desenvolvido pela atual gestão. Mesmo com a pandemia e, apesar da pandemia, a atual gestão realizou muito. Trabalhou, se dedicou, serviu à OAB de maneira que realizou mais de 120 cursos. Mais do que isso, reformou salas da OAB, ampliou o escritório compartilhado, reformou o centro de convivência, implantou energia solar. Tudo isso a gente acredita que motivou a advocacia cascavelense a manter esse trabalho.”

De acordo com Gallio, a nova diretoria que irá assumir no próximo mês já está conhecendo o sistema e preparando o planejamento para o ano de 2022. “A diretoria atual já possibilitou com que a nova diretoria que assume em janeiro, comece a conhecer o sistema, a metodologia de trabalho deles que a gente quer manter e fazer alguns ajustes. Mas nós já estamos trabalhando, já iniciamos nosso planejamento para que em janeiro a gente assuma a gestão conhecendo um pouco do que é todo o sistema OAB.”

 

Principais Ações

O novo presidente garante que o ano já iniciará com ações realizadas pela entidade. Entretanto, ele divide as ações como internas e externas. “A gente sempre tem que analisar as questões internas, em prol da OAB, em prol da advocacia e as questões externas, que decorrem em benefício da sociedade. Nós sempre prezamos inicialmente para atender as demandas internas. O que nós queremos fazer é ampliar os cursos de capacitação e qualificação.”

Além disso, ele garante que a OAB irá realizar um diagnostico para verificar quais as demandas mais urgentes da entidade. “Vamos fazer um diagnostico junto a toda a advocacia da nossa Subseção para entendermos quais as demandas mais urgentes que os advogados e advogadas esperam.” Além disso, ele garantiu que novas comissões serão criadas e as já existentes, mantidas. “Nossa primeira ação interna é entender todas as 32 comissões, mantendo seus membros e ao mesmo tempo buscando incentivar a alternância dessas diretivas.”

Quantos aos fatores externos à OAB, ele garante que irá debater a questão da morosidade da justiça. “A questão da morosidade da Justiça é o que a gente entende de mais grave, mas para isso, nós temos que entender quais os problemas existem e o porquê há essa morosidade. A partir daí, a gente vai apresentar soluções que criaremos de forma conjunta, inclusive com o judiciário participando.”

Contudo, o principal planejamento é em relação ao modelo de gestão apresentado durante a campanha. “Nós temos um norte que foi construído durante a campanha e esse norte nós temos que buscar implantar, onde nós temos advocacia, inovação e gestão, democracia participativa, o protagonismo institucional. Então todo aquele norte que nós construímos que nós chamávamos de pentágono é o que nós vamos ter que implantar dentro da OAB agora. Porque foi através deste projeto, deste modelo de gestão que nós apresentamos a advocacia que nós fomos eleitos.”

 

Qualificação e Capacitação

Para Gallio, outra principal pauta da gestão dele é a qualificação e capacitação dos operadores do direito. “Nós temos como princípio a constante capacitação e qualificação do advogado. Esse é nosso principal objetivo, qualificar e capacitar, mas também fazer a defesa das prerrogativas.” Além disso, ele acredita que trazer os demais órgãos públicos para o debate com a OAB poderá ser a solução de vários problemas. “Existem algumas demandas que a gente precisa buscar resolver. E o consenso que é buscar resolver é trazer os órgãos públicos para dentro da OAB para que ajudem a gente a construir a solução.”

 

Advocacia Iniciante

Além de prezar pela qualificação continuada dos advogados, Gallio garante que os novos advogados também terão o apoio da entidade. “O que nós pretendemos fazer é mostrar para a advocacia iniciante que nós temos estruturas para que ele faça o atendimento do seu cliente, use nossos escritórios compartilhados, faça suas audiências, se qualifique e capacite lá dentro. Nós queremos que a advocacia iniciante tenha a OAB como sua segunda casa, que ali dentro leve suas necessidades, suas demandas, para que a gente consiga arrumar soluções para cada demanda.”

 

Comunidade e Advogados

Por fim, Gallio deixa um recado para os advogados. “Para a advocacia, para os advogados e advogadas, o importante de termos uma OAB participativa, uma OAB forte é a participação efetiva de todos. O que nós buscamos na gestão atual e estamos buscando na nova gestão é incentivar a participação de todo advogado, toda advogada na OAB. Uma OAB forte é uma advocacia valorizada, esse é nosso lema. Nós precisamos que toda a demanda, todas as ideias, toda critica sejam debatidas lá dentro da OAB. De maneira que a gente consiga, através da OAB qualificar, capacitar e defender os direitos e prerrogativas dos advogados e advogadas.”

Além da defesa dos advogados, Gallio garante que a OAB atuará como soldado em defesa da sociedade. “A sociedade, nós temos uma importante missão, uma missão de séculos que vem lá da época da revolução francesa de proteger a sociedade, seja de arbítrios do Estado, seja de problemas relacionados a conflitos entre as partes, nós advogados somos os soldados da sociedade para defender o direito e principalmente o Estado Democrático de Direito. Então a OAB sempre estará presente nas demandas da sociedade, mas também sabendo que nossa principal missão é defender as prerrogativas dos advogados e advogadas e qualificar e capacitar toda a advocacia.”

 

 

“O que nós buscamos na gestão atual e estamos buscando na nova gestão é incentivar a participação de todo advogado, toda advogada na OAB.”