Solução milionária

Uma importante companhia do setor de petróleo brasileiro está prestes a acionar a TOTVS na Justiça numa causa que promete ser milionária. Motivo: a TOTVS, famosa na publicidade por implementar soluções de gestão integrada, foi contratada há mais de dois anos e depois de todo esse tempo ainda não entregou o serviço para o qual foi paga, causando prejuízos para a cliente. A TOTVS alega ter havido erro de planejamento e, por isso, não conseguiu cumprir o combinado.

Presentão

O Decreto 10.523, assinado pelo presidente Bolsonaro, cravou em 8% o IPI sobre xarope de refrigerante vendido pela Zona Franca de Manaus. Em 2019, eram 12%, passou para 8% no fim do ano, e o governo teria de atualizar a tabela constantemente.

E você paga

O decreto atende com copo cheio demandas da Ambev – que também produz refrigerantes – e da Coca-Cola no País. E o povo não vai ter desconto no preço, claro.

Som na turbina

O primeiro caça Gripen, da FAB, rasgou ontem o céu da Esplanada em Brasília bonito de ver. Foi o primeiro voo na capital, para o “desfile” de amanhã, Dia do Aviador.

Haja cueca

O senador Chico Rodrigues, o Chico Cueca, avalia oficializar no cargo o filho suplente, Pedro Arthur, se a sua situação policial-judicial piorar. Caso se torne senador de fato, o herdeiro terá direito a plano de saúde vitalício e à aposentadoria, conforme publicamos.

Enfim

Após erros nos dados e uma semana de tensão, caíram ontem cedo na conta certa da família da pequena Kyara Lis os mais de R$ 6 milhões depositados pelo Ministério da Saúde. São para completar os R$ 5,5 milhões, doados em campanha, e pagar a dose do medicamento mais caro do mundo (R$ 12 milhões) que elimina efeitos da doença AME. Aliás, a imprensa vai acompanhar a aplicação da dose num hospital de Brasília.

***Coldre unido

A Civil do Rio lançou em seu Instagram @policiacivil_rj campanha com vídeos em que apresenta cenas de Inteligência, Investigação e Ação. Finaliza as produções com o slogan “O respeito está de volta”. A ideia é valorizar o trabalho conjunto com a PM.

***Acenda o farol!

Ainda é regra, nacional, mas constata-se nas ruas, para todo lado, que a maioria dos motoristas esquece o farol desligado ao dirigir de dia. Campanha faz falta, também…

MERCADO

Década conectada

O smartphone é o principal aliado da vida conectada dos brasileiros, mas também um dos responsáveis pelos maiores índices de frustração, segundo pesquisa A Década Conectada, da Assurant: 55% dos entrevistados demonstraram já terem tido problemas relacionados à manutenção e à performance do dispositivo.

Pelot$ 1

Tem um setor que não viu crise nesta pandemia. As mineradoras no Brasil ganharam muito dinheiro no terceiro trimestre de 2020, segundo dados do Instituto Brasileiro de Mineração. Tanto que, nesse período, elas responderam, acredite, por 45,5% do saldo comercial do Brasil. Foram 287 milhões de toneladas de minérios negociados.

Pelot$ 2

As empresas faturaram R$ 50 bilhões no terceiro trimestre. As associadas do Ibram respondem por 85% da mineração nacional e as perspectivas de investimentos para 2020-2024 aumentaram de US$ 32,5 bilhões para mais de US$ 37 bilhões.

***Querosene on-line

A BR Distribuidora lançou o app Hangarar, em parceria com startup de mesmo nome, para atender a pilotos de todo o Brasil. Será possível programar o horário para o abastecimento, comparar preços nos aeroportos e negociar os valores do combustível etc

Zé Esplanador

Nosso leitor Zé Esplanador – seu lema é “Perguntar não ofende, Cobrar é de direito” -, ao ler a lista de prêmios Nobel dos últimos anos, acha que a academia sueca é elitista. Zilda Arns criou um dos maiores programas contra a desnutrição do mundo, com a Pastoral da Criança, além de reduzir a mortalidade infantil a quase zero no Brasil. E o que falar da obra imortal de Jorge Amado, entre outros escribas? Valiam os Nobel da Paz e Literatura, respectivamente. Ambos morreram sem esse reconhecimento.