Coluna ADI-PR do dia 07 de maio de 2019

Novo pacto

Os governadores estão sendo chamados a Brasília nesta quarta-feira (8) para conhecerem o pacote de medidas que vai formar o “novo pacto federativo”. O conjunto de medidas prevê a apresentação de três projetos de lei complementar que dariam mais recursos aos estados. O socorro aos governadores virá acompanhado de pedido de apoio explícito de todos eles à reforma da Previdência.

Moro em Foz

O ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança) vai inaugurar no segundo semestre em Foz do Iguaçu o primeiro escritório no Brasil em que todos os órgãos de repressão e controle trabalharão integrados, como Receita Federal, Polícia Federal e Polícia Rodoviária, além do Itamaraty.

Multas

O secretário Ney Leprevost (Justiça, Família e Trabalho) determinou ao Procon-PR que aplique multa de R$ 142.206,01 ao Banco do Brasil, ao Bradesco, ao Santander, à Oi, à Claro e à Tim pelo descumprimento de acordo feito com consumidores. “Trabalhamos para resolver os problemas dos consumidores pelos canais preliminares de solução de conflitos. E quando o fornecedor recusa o acordo ou a solução do problema, se sujeita à aplicação das sanções previstas na lei”.

Porco na China

Depois de a Índia liberar a compra de frango, agora o governo chinês autorizou exportadores de carne de porco do Brasil a embarcar também a gordura comestível do animal. “Até o fim de 2019, a China pode ter um déficit de oferta de 1 milhão a 2 milhões de toneladas no processamento de suínos. Podemos avançar muito nesse setor”, disse o presidente Jair Bolsonaro no Twitter. As duas medidas podem atender cooperativas e produtores do Paraná.

Emprego e produtividade

Na próxima quinta-feira (9) o secretário do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, participa em Curitiba do Fórum Emprego e Produtividade – Um Brasil com emprego e competitividade. O fórum é promovido pelo governos estadual e federal em parceria com o G7.

PSDB do Paraná

O PSDB do Paraná elegeu o deputado estadual Paulo Litro como novo presidente do diretório estadual. Paulo Litro, 27 anos, está no seu segundo mandato e é ideologicamente próximo do governador de São Paulo, João Doria, principal liderança tucana no País.

Previdência

Pelo menos dez partidos já definiram como votarão seus deputados na comissão especial que debate a reforma da Previdência e no plenário da Câmara dos Deputados. Somente o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, e o Novo são totalmente favoráveis à reforma. A oposição (PDT, PT, PCdoB, PSB, Psol e Rede) já anunciou que votará contra a PEC. Juntas, essas siglas têm 133 votos na Casa. MDB e PR disseram que vão votar a favor da reforma, mas com mudanças no texto.

Não está fácil

Quatro (41,4%) em cada dez brasileiros não acreditam que o País está no caminho certo para melhoria da qualidade de vida da população em geral.  Por outro lado, a parcela otimista da população é de 53,1%. Os números são do Instituto Paraná Pesquisas.

Paraná na frente

“Queremos colocar colégios militares em todos os estados do País”, disse o presidente Jair Bolsonaro nas comemorações dos 130 anos do Colégio Militar do Rio de Janeiro. O Paraná já saiu na frente. Já tem colégios implantados ou em via de instalação em Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá, Cornélio Procópio, Cascavel e Pato Branco.

PT às avessas

“Não pode viver radicalismo do ‘nós contra eles’. Isso faz lembrar o PT, só que às avessas”, do ex-governador Geraldo Alckmin, durante convenção do PSDB de São Paulo ao comentar a conjuntura política nacional.

 



Fale com a Redação

19 − um =