O temporal registrado no fim da noite de quarta-feira (13) e madrugada desta quinta-feira (14) provocou estragos em dez cidades da região oeste do Paraná.
O Corpo de Bombeiros registrou desastres nas cidades de Cascavel, Toledo, Palotina, Corbélia, Jesuítas, Maripá, Capitão Leônidas Marques, Assis Chateaubriand, Guaíra, Quatro Pontes e Foz do Iguaçu.

Em Cascavel uma árvore caiu sobre uma residência e outra sobre a rua impedindo o trânsito. Houve destelhamento em três residências.
Já em Toledo o Corpo de Bombeiros entregou duas bobinas de lona durante a madrugada em vários bairros.

Em Palotina foram feitos oito cortes de árvores, registrados três destelhamentos – três sobre fiação Elétrica.

Três famílias de Corbélia tiveram suas residências destelhadas e foram registrados cinco cortes de árvores no município.

Duas árvores caíram em Assis Chateaubriand e em Maripá ainda não foram registrados estragos.

A cidade com mais registros  de destelhamentos foi Capitão Leônidas Marques, onde 20 residências sofreram com a ação do tempo.

Em Guaíra houve queda de placas de sinalização e árvores nas ruas. A quantidade não foi informada.

Em Quatro Pontes foram registradas quedas de árvores.
O Corpo de Bombeiros segue em alerta e atualizou a lista às 7h30 desta quinta-feira (14). Outros estragos ainda estão sendo contabilizados.

Veja os estragos em Foz do Iguaçu:

Foz do Iguaçu 

Equipes da Defesa Civil de Foz do Iguaçu estão em alerta desde a noite de quarta-feira (13), quando um forte temporal atingiu o município, ocasionando estragos e quedas de árvores em vias públicas e residências. De acordo com o Simepar, os ventos chegaram a 60 quilômetros por hora.

Conforme adiantou o coordenador da Defesa Civil, Inspetor Vandro Cezar, mais de 30 árvores caíram em função do vento e 12 atingiram a rede elétrica. Oito famílias foram atendidas com lonas devido a danos nos telhados, mas nenhuma precisou ser abrigada. “Agora pela manhã, com o clarear do dia, mais pessoas estão identificando os problemas e acionando a Defesa Civil. As equipes estão trabalhando desde a madrugada e seguirão os atendimentos ao longo do dia”, afirmou.

Segundo o Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), choveu cerca de 36 milímetros na cidade. As regiões mais afetadas foram Morumbi, Porto Belo, Vila A e Jardim América.
O Corpo de Bombeiros e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente auxiliam na remoção de galhos e árvores e na limpeza das vias.

Comunicado Copel

A Copel informou que em toda a região Oeste 157 mil unidades consumidoras ficaram sem energia devido ao temporal. Em Foz do Iguaçu, 60 mil unidades ficaram sem luz após o início do temporal (22h30), que danificou postes e cabos de energia. “Estamos neste momento com mais de 300 ocorrências e mais de 20 mil unidades consumidoras desligadas, sendo 17 mil em Foz e 3 mil em Santa Terezinha de Itaipu. Estamos com todas nossas equipes mobilizadas para recompor o sistema no menor espaço de tempo possível”, informou o gerente da Copel, Julio Cesar Ramires.

Contato

As ocorrências podem ser registradas pelo telefone da Defesa Civil – 199. Já as que danificaram a rede elétrica são de responsabilidade da Copel, e os pedidos de reparos devem ser feitos através do telefone 0800 51 00 116.

Vendaval passa por Toledo e deixa vários estragos

O município de Toledo registrou fortes ventos e chuvas na madrugada desta quinta-feira (14). Segundo informações do Portal Nova Santa Rosa, foram registrados 24 destelhamentos e 26 quedas de árvores em Toledo, os bairros mais atingidos foram o Jardim Europa e o Jardim Panorama.

De acordo com a Prefeitura, equipes trabalham desde a madrugada para desobstruir vias e restabelecer as principais ruas do município.

A orientação é para que os motoristas evitem a Avenida Maripá, próximo a Caixa Econômica, pois uma árvore caiu sobre a fiação elétrica. Outros pontos a serem cuidados é na Avenida Tiradentes e Rua Guarani pois quedas de árvores foram registradas.

Além das quedas, casas também foram destelhadas.

Equipes atendem as famílias afetadas. O Município orienta que caso tenha alguma situação emergencial, o morador entre em contato na Ouvidoria Geral, pelo 156. Os protocolos serão atendidos por ordem prioritária.

Temporal no Paraná: 

O temporal atingiu boa parte do estado do Paraná e provocou grandes estragos na rede elétrica nas regiões Oeste, Sudoeste e Noroeste.

No momento, constam mais de 1.700 ocorrências para atendimento e cerca de 160 mil unidades consumidoras, sem energia no Oeste e Sudoeste. A companhia está mobilizando todas as equipes disponíveis na região e vamos receber reforço de outras regiões do Estado para auxiliar na recomposição do fornecimento, que deve se estender nos próximos dias.

(Redação/Portal Nova Santa Rosa) 

Matéria atualizada às 9h37.